NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
ARTIGOS
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019, 17h:37

ADMAR PORTUGAL

Casa da moeda de MT

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT) pode ser considerado a ‘Casa da Moeda’ de Mato Grosso. O estado de calamidade financeira decretado pelo então governador Mauro Mendes na semana passada, para ‘equilibrar as contas do estado’ não condiz com a realidade da instituição. O atendimento no órgão é um dos piores para não dizer o único. Cada cidadão que procura o Detran é preciso dispensar um tempo de no mínimo uma hora, ou mais, para ser atendido. Na última sexta-feira (18) estive no setor de habilitação da sede do Detran, vizinho ao Palácio Paiaguás, sede do Governo do Estado, para solicitar a segunda via da CNH. Era a quinta vez que buscava o Detran, não somente o da sede como também o posto que fica no Jardim das Américas. Nas quatro vezes anteriores, ficamos empatados, em duas delas tinha muita gente a ser atendida e o número da senha era quase de uma centena na minha frente. Nas outras duas o sistema estava fora do ar. Por falar em sistema, o do Detran acredito que é o pior programa de informática que existe, pois é inconcebível o tempo que o cidadão fica diante da atendente e ela com olhos fixos no monitor e você a ver navios. Na sexta-feira passada cheguei ao órgão por volta das 11h. Não contei quantas pessoas tinham na minha frente, mas a senha que peguei era de número 67 e estava no 39, portanto tinha 28 na minha frente, mas fui determinado a resolver minha situação. São vários guichês de atendimento e era demorado a pessoa sair de um dos guichês. Dos muitos guichês, um do lado do outro a conversa entre os atendentes do lado de dentro era fluente e ambas chamaram um numero subsequente e não apareceram ninguém e a conversa entre ambas fluíram por longos minutos enquanto o do guichê 7, faço questão de destacar, tinha no painel lá em cima registrado seis atendimentos somente para o seu. Era o único que trabalhava aceleradamente. Nota dez. Nota dez também para a pessoa que me atendeu. Ela disse o nome, mas prefiro omitir, estava acompanhada de uma outra que ela explicava o tipo de atendimento que eu solicitava, de uma atenção e gentileza que meu mau humor evaporou na hora com o atendimento delas. O governador tem que promover uma visita de cortesia/surpresa em um órgão que fatura e muito para os cofres do estado. Outra dissonante. Recebi o boleto para pagar e fui direto ao Caixa, por sinal dois, mas não podiam receber porque estavam com o limite de recebimento estourado aguardando o carro forte ir recolher. Pode isso? Somente no Detran os caixas estavam abarrotados de dinheiro. Enquanto o próprio servidor tem a receber do Estado. ADMAR SILVA DE PORTUGAL é repórter asportugal@diariodecuiaba.com.br

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL