NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 11 de Julho de 2020
ARTIGOS
Quinta-feira, 03 de Novembro de 2016, 19h:26

LEITOR

Governador não sai enfraquecido, diz Paulo Taques

Quem influenciou o resultado da eleição foram as marcas do passado que o candidato carrega. Indeléveis. Impossíveis de serem apagadas por serem recentes e muito graves. Nosso governador até tentou salvá-lo, mas não conseguiu. Não adianta tentar atribuir culpa ao governador Pedro Taques. Não cola! Sua administração nesse regime de recessão deixado pelo governo cassado está sendo bem avaliada por especialistas. Outros estados não estão conseguindo o equilíbrio desejado. Vamos ter bom-senso e lembrar do passado, recente. A democracia sobreviverá se o povo souber avaliar o desempenho dos governantes sem buscar deteriorar o sistema em função de interesses próprios que não podem sobrepujar os da população. ACIR CARLOS OCHOVE, Cuiabá/MT ochove@terra.com.br Mãe se revolta com soltura de mandante Muito fácil para o jornalista polemizar, não é mesmo? Deveria ter o cuidado de estudar e entender um pouco o processo legal para não fazer matérias sensacionalistas como essa, ou seria essa a intenção? JERÔNIMO UREI, Cuiabá/MT jeronimourei@gmail.com *** Quem é o pior? O assassino ou o juiz? MOISES MEL, engenheiro, Cuiabá/MT moisesmel@hotmail.com Dinheiro do Fethab Esse negócio de querer usar dinheiro do Fethab para pagar despesas de custeio me parece ideia de jerico. Todos que estão no governo atual criticaram com toda razão o uso desses recursos para finalidade diversa da original. E agora o grande crítico da bandalheira, foi só sentir na pele o peso da responsabilidade, está querendo "roer a corda". Cuidado, governador, mexer em dinheiro alheio, mesmo com autorização da AL, é um péssimo negócio. JOSÉ RIBEIRO DA SILVA, consultor e gestor de Treinamento, Cuiabá/MT itde1@uol.com.br Quase mil entidades não pagam água Será que fizeram pesquisa para ver quantas dessas entidades têm poço artesiano? Até porque se algumas delas, como a que aparece na imagem, depender da Sanecap ou do DAE, vão passar sede. ARNALDO UBIRATÃ, atendente, Cuiabá/MT arnaldo-fa-ubirata@hotmail.com Primeiras elefantas chegam a santuário Pelo menos estes elefantes não são "brancos", como nosso famoso VLT, centro de treinamentos e outras obras invisíveis para o cidadão e altamente rentáveis e lucrativas para os governantes da época. MARIO MARCIO DA COSTA E SILVA, engº civil, Cuiabá/MT mariomarcio1959@bol.com.br Uma vida dedicada à Igreja e aos fiéis Com grande prazer, li seu artigo sobre o meu tio frei Quirino. Desde 1978, fui visitá-lo anualmente por várias semanas. Então, sei que a situação em Cuiabá é muito boa e de muitos de seus amigos. Frei Quirino escreveu muitas letras. Há alguns meses, coletei todos esses arquivos e os transferi para os Arquivos do Estado de Hesse, em Wiesbaden. Seria útil para apresentar uma biografia Brasil-Alemanha. Dr. Hermann Josef Roth, sobrinho do frei Quirino, sócio da sociedade Teuto-brasileira. HERMANN JOSEF ROTH, professor, Bonn/Alemanha Hermannjroth@aol.com Apenas 6,4% de matriculados são negros E vão dizer que a culpa é da universidade, do governo, do sistema... nunca do pai que não exige do filho, nunca do filho que nunca se interessou pelos estudos. Depois, o culpado é o branco que toma todas as vagas. Passou da hora de pararmos com discussões idiotas que não levam a nada e começarmos a distribuir a culpa na dose certa para cada um. Começamos pelo governo, que faz de conta que oferece uma educação de qualidade e o povo a aceita como se assim o fosse. Depois, vêm os pais, brancos e negros, que na realidade por se acharem "pobres" se acham no direito de não exigir que seus filhos estudem e ate os incentivam a deixar a escola. Depois, ficam nessa lengalenga de cotas e "coitadismo", como se aquele que se esforçou, independente da classe social ou cor, fosse culpado pelos seus fracassos. JOSÉ LUIZ MARAN CUIABANO, representante comercial, Cuiabá/MT rodocuiaba@hotmail.com MT terá 24 escolas estaduais integrais em 2017 Realmente, parecem ter descoberto a fórmula mágica para a educação!!! Escolas de tempo integral no ensino médio, isso seria bom se não fossem impostas e sim planejadas, fazendo parte da demanda específica de cada localidade. O que parece também uma fórmula mágica é o dinheiro para tudo isso! Ah, sim, tem tudo planejado em orçamentos mágicos! Ou vai ficar tudo na obrigação das escolas fazerem o milagre da multiplicação. Um exemplo de sandice é isso de mensurar a carga horária em minutos como “...2.250 minutos semanais”. Isso é problema de Matemática ou de Língua Portuguesa? Se 60 minutos são uma hora, então por que, ora, bolas, “horas”?! ZU FIGUEIREDO, Cáceres/MT zulemane@hotmail.com Selma admite ingressar na política Para mim, já não tem idoneidade para julgar ninguém. Sai da moita e abre espaço para os que passaram no concurso por amor e compromisso com a profissão. Apareceu muito nesta imprensa corrompida e já se acha unanimidade. Trabalhar mais e falar só nos autos. Chega da ditadura do Judiciário. Quer politica, larga a toga, mas já! JULIO ARRAIS, geólogo, Cuiabá/MT jcparrais@gmail.com MT e mais outros 13 estados poderão exportar aos EUA Brasil comemora o retrocesso. Há 17 anos que o país não exporta carne in natura para os EUA e agora vai poder voltar a vender matéria-prima. Se no momento o Brasil só vende carne processada, isso deveria ser considerado como positivo, pois agrega valor ao produto. Mas nossos governantes resolveram dar um passo atrás e assumir a posição de eterno vendedor de matéria-prima sem o mínimo de valor agregado. Complexo de vira-latas, como disse Nelson Rodrigues. PAULO DENIS, Cuiabá/MT

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL