NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 08 de Julho de 2020
ARTIGOS
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019, 17h:06

LEITOR

Pacote de Mauro

O governador está de parabéns em cobrar impostos do agronegócio, essa sim é uma casta de privilegiados no estado e que agora estão chiando em pagar os tributos imagina se o governo do estado for cobrar o pagamento pelo passivo ambiental gerado nestas décadas de ocupação? quantos rios foram soterrados? quanta fumaça foi inalada? quantos toneladas de agrotóxicos contaminaram nosso aquifero subterrâneo? quantas pessoas tiveram sua saúde comprometida com a inalação dos agrotóxicos? quantas espécies da fauna foram mortas e até extintas com o impacto causado pelo desmatamento para plantar capim? Se for detalhar sobre os reflexos causados pelo desmatamento de milhares de hectares de florestas nos últimos 30 anos que alteraram o microclima regional e até nacional? francamente senhores da degradação ambiental aceitem o que o governador Mauro está propondo, tá de graça, porque se ele for cobrar a conta completa ai vocês vão sentir um sacode bem forte nos seus lucros. que tal fazerem uma análise custo x benefício do lucro econômico versus externalidades negativas causadas com a atividade agropecuária? que tal fazer um desconto sobre as consequências do custo do desmatamento em relação ao lucro que obtiveram nesses anos todos? vai por mim, esse pessoal do agronegócio tem que aceitar a proposta do governador, é bem mais amena, vai doer menos! CARLOS MELCHIOR, ambientalista, Cuiabá/MT Base Nacional Comum Curricular Professor, seu artigo seria extremamente útil e verdadeiro, não fosse uma pequena "observação" que, a meu ver, nada somou à pretendida mensagem: "Em época de ataque a* democracia e apologia à violência..." Estou enganado ou o sr. é mais um "vermelho" incrustado em nossas escolas, pois sua "observação" atinge descaradamente o candidato que os esta combatendo, para o bem e felicidade de nossa Pátria. Ah! A Venezuela, ou Cuba, estão logo ali. Caso eu tenha interpretado mal esse conteúdo, por favor, corrija-me, pois, às vezes, filósofo: "Se existe algo que não faz falta a ninguém, nem mesmo ao mais pobre e miserável, é inimigo." JOÃO GALDINO DE MEDEIROS, Economista, Cuiabá/MT jgaldinomedeiros@hotmail.com Liberação do desmatamento em APA ameaça mais de 2 mil nascentes Pesco no Pantanal desde a década de 1960. Cada ano que passa é menos peixe e menos água nos rios. O homem quer mesmo acabar com a natureza. PAULO MOLINA, aposentado, Cuiabá/MT Mauro não se envolverá na eleição da AL Eles sempre dizem que não vão interferir na eleição das casas legislativas. Só que nós sabemos o resultado. Vamos aguardar. WILSON BARBOSA, aposentado, Cuiabá/MT wilson.a.barbosa.wb@gmail.com Três cidades de MT entre as mais violentas O governo fala que investiu muito em segurança. Até pode ser verdade, mas não está sendo suficiente. A bandidagem prolifera nas cidades de Mato Grosso. LUCAS SANTOS, Cuiabá/MT MT registra mais de 2 mil acidentes com animais peçonhentos Minha vizinha foi ferroada por escorpião e nos postos de saúde de Cuiabá e Várzea Grande não tem o antídodo. A coitada ficou dias recebendo soro com anestésico. Será que já tem antídoto para picada de escorpião, aranha, etc nos nossos postos de saúde ? Acho que não. ERICO DE MELLO, agrônomo, Cuiabá/MT erico.emc@gmail.com Crise pode levar governador a decretar calamidade financeira Com o estado quebrado, sucateado, roubado, será que num deveria da nomes os bois. qual governo responsável por isso, qual das raças mais infame, que teve as mãos mais pesado na roubalheira, e do porquê que sempre o cidadão de bem, que não participou, dessas lambanças tem que pagar esses roubos, tem que tapar os buracos deixados pelos ladrão, e ninguém faz nada. Marcio Eça, vamos pelos menos rufar o bombo, pergunte pro Arnaldo. VERÍSSIMO LEMES DO NASCIMENTO, Servidor público Municipal, Cuiabá/MT nascimento.lemes@hotmail.com Produtores rurais reclamam de taxação Quanto chororô, quanto mimimi. Imposto é imposto, ainda mais pra classe que menos paga. 200 empresas com isenção de 7 bilhões gerando 468 empregos diretos, é tanto benefício pro estado que da até medo RENATO ALENCAR, Cuiabá/MT Parque das Águas continua recebendo esgoto Agora está mais fácil de por um ponto final nesta novela. O secretário de obras da época é o atual do estado e o prefeito , governador. Portanto, estão com a faca e o queijo na mão, para não dizer a M...... , para resolver. MÁRIO MÁRCIO DA COSTA E SILVA, Cuiabá/MT mariomarcio1959@bol.com.br 22 – terça Mendes e a calamidade Os eleitos nos últimos pleitos tinham conhecimento da necessidade de reduzir o tamanho do Estado Federal, Estadual Municipal, já que a economia encontra-se devagar quase parando. Herança braba da esquerda. Já somos campeões nos tributos, uma vergonha para qualquer trabalhador deixar cerca de 50% do que ganha retido como "imposto", em tudo que paga. Para melhor entender, "se você compra um sapato, uma camisa, gasolina, energia, outros, e paga 100,00 reais, pagou nesse ato cerca de 50,00 reais de impostos. E não adianta espernear o imposto já vem embutido no que você paga. Ai reside o problema. Toda troca de administrador leva consigo uma nova equipe que vai somar a já existente e consequentemente os impostos, objetivo da população que trabalha e sustenta a estrutura do estado. ACIR CARLOS OCHOVE, Cuiabá/MT ochove@terra.com.br A Terra plana não é plana! A terra é plana, o homem não foi à lua, que aliás é de queijo e hospeda São Jorge e o dragão. ERICO DE MELLO, agrônomo, Cuiabá/MT erico.emc@gmail.com 85% do desmatamento no Estado é ilegal É Vergonhoso, nossas autoridades não ter condições de impedir o desmatamento em nosso Estado, será que é por falta de dinheiro ou por falta de interesse?, se os órgãos competente não age, por que da sua existência? NEVES DE JESUS RODRIGUES, Cuiabá/MT nevesj.rodrigues53@gmail.com Joaquim Murtinho Joaquim Murtinho, bem retratado pelo articulista, restaurou as finanças do Brasil num período conturbado. É uma das glórias de Mato Grosso e do Brasil, hoje tão carente de figuras como ele. MANOEL SATURNINO CUNHA FILHO, produtor rural – historiador, Cuiabá/MT manoelcunhafilho@hotmail.com ‘Às escondidas’, umbanda cresce em Mato Grosso Sou de Sorriso-Mt, e uma apaixonada pela Umbanda. Pena que não exista nenhum templo aqui, o preconceito é grande mesmo. Mas o bem sempre foi perseguido por onde passa. Gostaria de frequentar um templo. DENYELE CRISTINA CAVALACANTE BERGAMASCHI, Auxiliar Administrativo, Sorriso/MT denyele.cristina@gmail.com No cerrado, 1.140 espécies de plantas ameaçadas Infelizmente, é uma triste realidade. Hoje, quem com 10 anos de idade em Cuiabá, conhece frutas como por exemplo :manga rosa, coroa de frade, jatobá, fruta de veado, tamarino, bocaiuva, mangaba, marmelada, jambo, cajá amarelo, siputa, arichicum, pitomba e outras que não me recordo ? O secretário Spota, vem fazendo um ótimo trabalho nesta secretaria. Como sugestão, deveria produzir mudas destas espécies e fazer uma grande divulgação no dia da entrega aos moradores. Nossa geração pode até não colher e deliciar com seus frutos, mas, com certeza nossos filhos e netos sim. Cuiabá 300 anos, 30.000 mudas nativas plantadas em casas, condomínios praças e orla. MARIO MARCIO DA COSTA E SILVA, eng.civil, Cuiabá/MT mariomarcio1959@bol.com.br Parada, obra de aquário deve entrar em licitação neste mês Como seria um estufamento de vidro? O Secretário de Obras desconhece as propriedades do vidro. Primeiramente, a palavra "estufar" é inapropriada para a questão, visto que teria que submeter o vidro a uma estufa, não é o casso. Em segundo, o vidro não absorve água para chegar em condições de ‘estofamento'. MAXWELL TEIXEIRA, Cuiabá/MT max2teixeira@gmail.com

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL