NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
BRASIL
Segunda-feira, 23 de Março de 2020, 12h:43

"SUPOSTA PANDEMIA"

"Essa epidemia simplesmente não existe", diz guru de Bolsonaro

Vídeo foi excluído do YouTube por violar as diretrizes da comunidade. No Brasil, já são 25 mortos por causa da “suposta epidemia”

Do Jornal de Brasília
Agência Brasil
Guru de Bolsonaro, o filósofo Olavo de Carvalho diz que a pandemia do coronavírus "não existe"

O escritor e ideólogo Olavo de Carvalho alegou, na noite de domingo (22), que a pandemia do novo coronavírus, que já matou 25 pessoas no Brasil, “simplesmente não existe”.

A fala de Olavo foi durante uma transmissão do jornal Brasil Sem Medo.

No vídeo, ele afirma: “o número de mortes dessa suposta epidemia não aumentou em nem um único caso o número habitual de mortos por gripe no mundo. Nem um único caso, gente! Essa endemia simplesmente não existe”.

 

A Organização Mundial de Saúde aponta, em boletim mais recente, quase 300 mil casos confirmados no mundo, com 12.784 mortes.

Na Itália, por exemplo, o sistema de saúde vive um colapso por conta do aumento do número de mortes — já são mais de 500 por dia.

No Brasil, o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, diz que podemos ter um colapso em abril.

O vídeo termina com o guru do presidente Jair Bolsonaro dizendo que o coronavírus é “a mais vasta manipulação de opinião pública que já aconteceu na história humana”. 

 

O vídeo completo, intitulado como “‘Histeria não é coragem!’ – Sobre o Corona e o Caos gerado”, foi excluído do YouTube por violar as diretrizes da comunidade. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL