NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020
CIDADES
Quarta-feira, 09 de Setembro de 2020, 00h:00

EM OITO MESES

Apreensão de droga causa prejuízo de R$ 153 milhões aos criminosos

Da Reportagem

Neste ano, o número das apreensões de drogas pelo Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) mais que o dobro em comparação aos primeiros oito meses de 2019. De janeiro a agosto de 2020, mais de oito toneladas de entorpecentes foram retiradas de circulação contra 3.888,463 no mesmo período do ano passado. Até o momento, o prejuízo estimado às organizações criminosas é de mais de R$ 153 milhões, R$ 100 milhões a mais que o mesmo período do ano passado, que contabilizou cerca de R$ 50 milhões.

Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) mostram ainda que foram recuperados 224 veículos nesses oito meses, enquanto no mesmo período 2019 foram contabilizados 159. Ao todo, foram realizadas 26 prisões, três a mais que ano passado. As apreensões em moeda estrangeira somam mais de U$ 32 mil (em dólares) e em moeda nacional quase R$ 153 mil.

Também foram apreendidos neste ano 900 quilos de madeira contrabandeada, 40 armas de fogo, mais que o dobro que no último ano, que totalizaram 15, além de 11 aeronaves. Neste ano, o Gefron tem obtido um aumento expressivo de produtividade em relação a 2019. Em relação às apreensões de drogas, por exemplo, o volume soma mais de 100% em comparação ao montante do ano passado. Obteve aumento também em relação ao número de veículos recuperados, que estavam em deslocamento para a Bolívia, registrando acréscimo de 40%.

Segundo o comandante do Gefron, tenente-coronel PM Fábio Ricas, o aumento da produtividade se deve a vários fatores, como o fortalecimento das ações integradas entre as instituições de segurança, como a Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ele também frisa o apoio da Sesp-MT às ações do Gefron. “Temos o empenho e dedicação de todos os operadores, possibilitando o êxito diversas ações contra as organizações criminosas. Estamos trabalhando para avançar cada vez mais contra a criminalidade da região de fronteira, alinhados com a política de Segurança Pública do Governo do Estado, com objetivo de melhor servir e proteger a sociedade”.

Neste fim de semana, por exemplo, em uma ação conjunta das forças policiais de Mato Grosso e Goiás apreendeu mais de 230 quilos de drogas. O carregamento do entorpecente foi feito na Bolívia e tinha como destino o Estado do Maranhão. Além da apreensão dos entorpecentes, três pessoas, sendo uma com passagem por tráfico de drogas, foram presas.

Policiais do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) detinham a informação de que um grupo faria o carregamento de uma grande quantidade de droga no país vizinho. De imediato, o grupamento acionou a Polícia Federal. Os entorpecentes estavam separados em tabletes e foram carregados em três caminhonetes, sendo duas modelo Hilux e uma S10.

O grupo foi monitorado e na cidade de Santa Fé, no Estado de Goiás, o cerco policial do Comando de Operações de Divisas (COD) apreendeu o carregamento, os três veículos e prendeu três homens. Dentre as drogas apreendidas, 222,5 quilos era de substância análoga à pasta base de cocaína, 10,3 kg de substância análoga a skunk, a super maconha e 4,2 kg de cloridato de cocaína.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL