NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2020
CIDADES
Domingo, 22 de Novembro de 2020, 08h:51

ENCANTOS DE MATO GROSSO

Cânion das Índias: um paraíso com riachos e cachoeiras em MT

A base de recepção dos visitantes é simples, sem grandes construções, mas suficiente se organizar um passeio

ALECY ALVES
Da Reportagem
Alecy Alves
Local fica em Jaciara, na região Sul de Mato Grosso, e já desperta a atenção dos turistas

Um lugar pouco explorado, onde a natureza se conserva bela e encantadora, presenteando seus visitantes com caminhadas por trilhas, paredões de encher os olhos, riachos e banho em cachoeiras de águas cristalinas.  

Essa é uma das maneiras de definir o Cânion das Índias, um paraíso no município de Jaciara (148 km ao Sul de Cuiabá), que poucos há anos, menos de cinco, passou a receber turistas.

A base de recepção dos visitantes é simples, sem grandes construções, porém suficiente para que as pessoas se organizem para o passeio e no retorno se deliciem com uma refeição saborosa, capaz de repor todas as energias gastas.

O Cânion das Índias faz parte do assentamento Plano Piloto, dentro do sítio Maravilhas de Deus. O acesso é pela BR-364, mas fica cerca 15 quilômetros à dentro, protegido por paredões e vegetação preservada.

Os passeios só ocorrem nos finais de semanas e feriados, com agendamento, guia turístico e no limite de 30 pessoas por dia.

O local ainda oferece uma área de acampamento com capacidade para até 50 barracas.

Quem optar pelo day use pagará R$ 140 pelo passeio e o almoço. Isso inclui cerca de 5hs de lazer. Não é recomendado levar crianças menores de 8 anos ou pessoas com limitações motoras, pois as trilhas têm trechos íngremes e escadarias.

O trecho até a primeira cachoeira, batizada de Maravilha, é por uma trilha de menos de 1km.

Depois de explorar esse primeiro ponto do paraíso, recomeça uma nova caminhada, uma parte por terra e outra no leito do riacho Chiquinho Maciel, que forma a segunda cachoeira, a dos Mistérios.

Não há o que temer nesse percurso, pois a lâmina d'água apenas cobre os pés e é tão transparente que se pode observar cada passo.

Antes de avistar a cachoeira dos Mistérios o turista ainda pode se deliciar com banhos em "jacuzzi" naturais, que são buracos em rochas no leito do riacho.

Em um ponto de maior profundidade dá até para fazer saltos. Fabiana Silva e dona de uma área do assentamento com acesso e direito à exploração sustentável do cânion e cachoeiras. Ela também é a guia nos passeios.    

Sobre o nome Cânion das Índias, Fabiana conta que faz referência uma lenda indígena sobre três irmãs (Inará, Tainá e Jaciara) que fugiram da tribo e acabaram transformadas em pedras por conta da maldição do próprio pai, um cacique exigente e rigoroso com o clã.

As pedras que representariam as índias ficam na área do sítio de Fabiana.

Está nos planos dela transformar em ponto turístico o local erguendo esculturas das três irmãs indígenas. Informações (66) 98401-8207 – Fabiana.

Com o GPS é possível chegar sem dificuldade. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL