NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
CIDADES
Sexta-feira, 03 de Julho de 2020, 14h:56

TOQUE DE RECOLHER

Região do CPA é campeã em desrespeitar as medidas

Com relação às faixas de horários em que mais ocorreram denúncias, 51% foram na faixa das 23h

Da Redação
Sicom/Prefeitura
Entre os dias 13 e 28 de junho, a Secretaria de Ordem Pública registrou 265 denúncias em 113 bairros da Capital

Entre os dias 13 e 28 de junho, período que perdurou o toque de recolher (instaurado pelo Decreto nº 7.956 de 10 de junho de 2020), a Secretaria Municipal de Ordem Pública registrou 265 denúncias em 113 bairros da Capital.

A região com maior incidência de denúncias foi a da Morada da Serra (que reúne os bairros CPA 1, 2, 3 e 4), com oito registros.

Em segundo lugar, ficaram os bairros 1º de Março, Pedra 90, Tijucal e Três Barras, com sete denúncias cada.

Em terceiro lugar, estão Alvorada, Lixeira e Osmar Cabral, com seis denúncias cada.

Em seguida vêm Altos da Serra, CPA III e Parque Cuiabá, com cinco ocorrência cada.

Com relação às faixas de horários em que mais ocorrem denúncias, 51% foram na faixa das 23h, 20% na faixa de meia-noite, 14% na faixa das 22h, 8% na faixa de 1h, 4% na faixa de 3h e 3% na faixa de 2 horas.

Durante todo o período do toque de recolher, as equipes compostas por cerca de 60 pessoas  -  entre agentes de fiscalização da Secretaria de Ordem Pública, da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e policiais militares -— percorreram todas as regiões da cidade, diariamente, entre 22h30 e 5h.

Foram atendidas denúncias feitas pela população pelo prefixo 190 e também agindo de ofício, ou seja, atuando em situações com as quais se depararam, mesmo sem haver denúncia.

Conforme relatório da Secretaria de Ordem Pública, após o Decreto municipal nº 7.956, que estabeleceu o toque de recolher, verificou-se significativa redução de aglomeração de pessoas, tendo em vista que os estabelecimentos cumpriram com a determinação de restrição de horário, salvo raras exceções que foram devidamente notificadas.

Seguindo o novo Decreto nº 7.975, assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, na quinta-feira (2), o toque de recolher passa a valer a partir desta sexta-feira (3) com um novo horário.

Até o dia 20 de julho, a restrição acontece, agora, das 20h às 5h. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL