NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 08 de Agosto de 2020
CIDADES
Sábado, 01 de Agosto de 2020, 13h:12

PANDEMIA & DESCASO

Em Cuiabá, bares e clientes não respeitam medidas de segurança

Pontos de aglomeração ainda são registrados na Praça Popular e em bairros na periferia da Capital

Da Redação
Sicom/Prefeitura
Em Cuiabá, bares e clientes não respeitam medida de segurança, como na Praça Popular

Na noite de sexta-feira (31), a equipe de fiscalização da Secretaria de Ordem Pública realizou ação planejada em bares e restaurantes da Capital.

De caráter preventivo e orientativo, a ação dos fiscais foi acompanhada por efetivos da Secretaria de Mobilidade Urbano e pela Polícia Militar.

As equipes percorreram regiões de grande movimentação de pessoas, como Praça Popular, Avenida Beira-Rio e Jardim Imperial.

A ação conjunta teve início por volta das 20h, na Praça Popular, local em que aglomerações foram constatadas após decreto estadual que liberou atividades econômicas não essenciais.

Ao chegar ao local, a equipe da Polícia Militar com cerca de 20 oficiais, realizou abordagem de pessoas que circulavam sem máscara, para orientar a necessidade do cumprimento da medida de segurança.

Ao mesmo tempo, fiscais da Semob atuaram na verificação da regularidade dos veículos e motoristas.

Próximo ao horário de finalização das atividades, em decorrência do toque de recolher, a equipe da Secretaria de Ordem Pública orientou os empresários a comunicarem seus clientes do início do procedimento de fechamento de seus estabelecimentos.

“Infelizmente, o que a gente observou foi que a população que frequenta estes lugares não está cumprindo as medidas de biossegurança. E, conversando com os comerciantes, percebemos o receio deles quanto à cobrança de postura adequada aos clientes e mesmo de impor horário de encerramento das atividades e acabar perdendo o cliente. Para eles, é fundamental o apoio da fiscalização na conscientização da população”, disse Rafael Mestre, fiscal da Sorp que coordenou a ação.

Além da Praça Popular, as equipes também atuaram na região da Avenida Beira-Rio, local com grande concentração de bares.

Como já passava das 21h, os comerciantes foram orientados a fechar os estabelecimentos e não houve resistência.

Na Avenida Jaques Brunini, por volta de 21h45, ainda havia vários bares abertos, com aglomerações de pessoas e música ao vivo.

A Polícia Militar da base local já se encontrava no local quando da chegada da equipe de fiscalização. Naquele região, quatro bares foram autuados por descumprirem o horário permitido para funcionamento. 

Já no Jardim Imperial, a atuação foi direcionada as pessoas que consumiam bebidas no canteiro central da avenida principal do bairro, com orientação da Polícia Militar.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL