NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 01 de Junho de 2020
CIDADES
Terça-feira, 17 de Março de 2020, 00h:10

PREVENÇÃO

Eventos e aulas suspensos por conta de coronavírus em MT

Como medidas de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19), eventos que estavam previstos para serem realizados nos próximos dias vêm sendo cancelados ou adiados, em Mato Grosso. Escolas particulares também estão suspendendo as aulas. Medidas como estas vêm sendo adotadas e orientadas pelas autoridades públicas de vários estados brasileiros para desacelerar a propagação do vírus e evitar que haja uma sobrecarga no sistema de saúde. Até ontem pela manhã, não havia casos confirmados no Estado.

Em Cuiabá, a Universidade de Cuiabá (Unic) suspendeu as aulas presenciais da instituição até o dia 23 de março como medida preventiva da evolução dos casos de coronavírus no país. Os estudantes foram comunicados ontem (16) pela manhã. As atividades acadêmicas ficam suspensas até a próxima segunda-feira (23). Já os trabalhos administrativos serão mantidos.

A palestra do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que seria realizada ontem (16), no evento Show Safra, em Lucas do Rio Verde (330 quilômetros, ao norte de Cuiabá), foi cancelada. O ministro retornou de uma viagem fora do país recentemente e está em quarentena, conforme recomendação do Ministério da Saúde (MS). Apesar dessa alteração na programação, o evento foi confirmado e a agenda segue até sexta-feira (20).

Também foi adiado o “Circuito Empreendedor que seria realizado nesta quinta-feira (19.03) em Colíder (633 quilômetros de Cuiabá). “Neste momento, precisamos priorizar a saúde coletiva. Adiamos o Circuito Empreendedor para uma próxima data, assim que tivermos tranquilidade e segurança em relação à saúde de todos os cidadãos”, disse Celso Banazeski, secretário adjunto de Indústria, Comércio e Empreendedorismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou o cancelamento do workshop “Educação para o Trânsito”. “Devido as últimas orientações das autoridades sanitárias do país e do DPRF (Departamento da Polícia Rodoviária Federal), estamos informando do cancelamento do evento que estava previsto para iniciar hoje (ontem), na sede da Superintendência da PRF no Mato Grosso”, destacou por meio de nota. Ainda no documento, a PRF frisa que “a intenção é preservar a saúde de todos, e em momento futuro, estando as condições adequadas para a sua realização, tão logo ocorra, avisaremos e esperamos novamente contar com sua presença para abrilhantar nosso evento”.

A Prefeitura de Cuiabá informou que cancelou a realização da primeira edição do programa Ouvidoria na Rua que estava marcado para esta última segunda-feira, na Praça Alencastro, na região central da cidade. A medida foi determinada pelo prefeito Emanuel Pinheiro, como forma de prevenção ao avanço do novo vírus. Segundo a assessoria de imprensa, o evento, em comemoração ao Dia Nacional do Ouvidor, reuniria mais de mil pessoas.

“Sendo assim, seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), para que se evite aglomerações, o Município optou pelo cancelamento”, frisou. Ainda na segunda, o Pinheiro se reuniria com sua equipe da área de saúde para debater quais as próximas medidas preventivas que serão adotadas pelo município. "A OMS já decretou estado de pandemia. Todos têm buscado dar sua parcela de contribuição e não seria diferente com a Prefeitura de Cuiabá. Temos uma grande preocupação de cuidar da população, em especial de crianças e idosos, e a melhor maneira de fazer isso é agindo, antecipadamente, para que não tenhamos casos confirmados do coronavírus", reforçou o prefeito.

Na semana passada, o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) também já havia anunciado o cancelamento de todos os eventos que estavam programados para os próximos dias. São eles: Ouvidoria Day, que aconteceria na segunda-feira (16), na Escola Superior de Contas, além de Consciência Cidadã e Gestão Eficaz, programados para os dias 19 e 20, em Sinop (503 quilômetros, ao norte da capital). A Corte de Contas também cancelou o Encontro de Governança Pública, que seria realizado no dia 26 de março, com a presença do ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.





ENQUETE
Você acha que a Prefeitura acertou ao liberar a reabertura de shopings, bares e restaurantes?
É uma decisão acertada
O prefeito foi pressionado por empresários
Quem vai dizer são os consumidores
Tanto faz
PARCIAL