NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
CIDADES
Quinta-feira, 25 de Junho de 2020, 00h:31

VÍRUS LETAL

Mortes por Covid-19 aumentam 63% em uma semana em Cuiabá

Entre 14 a 20 de junho, Cuiabá confirmou 745 novos casos de Covid-19 em moradores da cidade, o que representa um aumento de 45% em relação à semana anterior. No mesmo período, houve o registro de 37 óbitos em decorrência da doença, resultando numa elevação de 63,8% de mortes. Dados como estes fazem parte do 10º informe epidemiológico sobre a Covid-19, publicado semanalmente pela Secretaria Municipal Saúde (SMS), com apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Assim, a taxa de incidência da Covid-19 cresceu substancialmente representando 391,1 casos por grupo de 100.000 habitantes, quando comparada com a da semana passada, que era de 269,8 por 100 mil. Também se manteve mais elevada que a taxa em Mato Grosso, que é de 265,6/100 mil indivíduos, porém com menor crescimento proporcional quando comparada com a do estado, haja visto que em Cuiabá a taxa de incidência cresceu 45,0% e no estado de 61,8% na última semana.

O objetivo do levantamento é monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) pelo coronavírus-2019, que causa a Covid-19, em residentes no município. Divulgado ontem, o informe traz dados desde a data da notificação do primeiro caso em Cuiabá até a 25ª semana epidemiológica, compreendendo o período de 14 de março a 20 de junho de 2020.

Conforme o informe, até 20 de junho, ocorreram 2.402 casos residentes na capital, 1.785 em monitoramento, 522 (21,7%) recuperados e 95 óbitos. Já na última semana, houve um crescimento de 745 (45%) de casos confirmados de Covid-19 entre os moradores e aumento de 37 óbitos (63,8%). Já os registros de SRAG, foram 3.949 casos suspeitos, 1.150 casos nesta última semana, apontando para o aumento de cerca de 41%. Cerca de 19% dos casos notificados de Covid019, em Cuiabá, eram de residentes em outros municípios ou estados.

Entre os 433 casos que estavam internados na capital no dia 20 de junho, metade (49,2%) ocupavam leitos de UTI (213). “Entre os internados em enfermaria ou isolamento (220), 25,9% (57) eram residentes em outros municípios e entre aqueles que ocupavam leitos de UTI, 39,6% (63) não residiam na capital. A busca por atendimento hospitalar reflete neste aumento tendo em vista que a capital detém o maior número de leitos gerais e leitos de UTI no estado”, traz o documento.

O relatório aponta ainda que, em Cuiabá, entre os hospitais sob gestão estadual (Hospital Santa Casa) e gestão municipal (Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, São Benedito, Hospital Universitário Júlio Muller) são ofertados 267 leitos de enfermaria e 130 leitos de UTI para pacientes de Covid-193. Em 20 de junho, a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria era de 28,2% e a de UTI 76,9%.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL