NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 14 de Julho de 2020
CIDADES
Terça-feira, 01 de Novembro de 2016, 20h:10

CLIMA

MT é o 7º em incidência de raios

Aline Almeida
Da Reportagem
Levantamento do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)apontam o Brasil como líder mundial de incidência de raios. De 2000 a 2014, 1.790 pessoas morreram vítimas de raio. A cada 50 mortes por raio no mundo, uma acontece no Brasil. No país, Mato Grosso é o 7° Estado com maior número de mortes por raio neste período. Foram 97 mortes. O maior número está no Estado de São Paulo com 263 mortes. O relatório mostra ainda os dez municípios que apresentam as maiores densidades de raio em Mato Grosso. Alto Araguaia em Mato Grosso aparece em primeiro lugar com 14,37 raios por quilômetros quadrados anuais (densidade de descargas). Em seguida esta São José do Xingu com 13,63, Santo Antônio do Leverger com 13,21. Jaciara aparece em 4° com 11,9, Itiquira em 5° com 11,81. Em seguida, Reserva do Cabaçal com densidade de 11,76, Salto do Céu com 11,48, Alto Taquari com 11,39, Vila Rica 11,34 e em 10° lugar Alta Floresta com 11,14. Das 10 cidades brasileiras com maior concentração de raios, as quatro primeiras estão localizadas no Rio de Janeiro, as cinco seguintes em Minas Gerais e a 10ª no Rio Grande do Sul. Segundo o Inpe a primavera e o verão são os períodos de alerta para a população brasileira. Isso porque 90% dos 50 milhões de raios que caem no Brasil são registrados neste período. As maiores vítimas de raios segundo o levantamento são os homens: 82% das vítimas – e, as mulheres, 18%. Os dados mostram ainda que 43% das vítimas têm de 15 a 24 anos, 25% tem até 14 anos, 24% tem de 25 a 29 anos e 8% tem 60 anos ou mais. As mortes estão divididas 43% no verão, 33% na primavera, 15% no outono e 9% no inverno. Em 25% dos casos ocorrem em atividades rurais, 19% em casa, 11% próximo a um veículo, 8% embaixo de árvore, 8% jogando futebol, 5% sobre coberturas, 5% na praia e 19% em outros casos. O Instituto diz que a prevenção continua sendo o principal meio para evitar mortes provocadas por raios. Durante as tempestades deve-se evitar locais altos, sentar embaixo de árvores ou deitar no chão. A pessoa também deve manter distância de locais com poças de água e objetos que possam conduzir a eletricidade, como linhas de energia e cercas de arame farpado. PREVISÃO – O cuidado deve ser redobrado, principalmente com a possibilidade de chuvas em todo o Estado. Para Cuiabá, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) tem para este feriado previsão de sol com muitas nuvens e pancadas de chuva com trovoadas em pontos isolados. A mínima pode ser de 23 graus e a máxima de até 33 graus. Na quinta-feira, o céu permanece encoberto e há 80% de probabilidade de chuva de intensidade fraca a qualquer momento. A mínima é de 20 graus e máxima de 36 graus.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você acha da decisão da CPI do Paletó de pedir o afastamento do prefeito?
Ele tem que ser afastado
Ele tem que ser cassado
Ele é inocente
Tanto faz
PARCIAL