NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 07 de Julho de 2020
CIDADES
Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016, 20h:55

TRÂNSITO

Novas multas valem a partir de hoje

A partir de hoje, quem cometer qualquer tipo de infração no trânsito, em todo o Brasil, vai pagar bem mais caro

Aline Almeida
Da Reportagem
A partir de hoje, quem cometer qualquer tipo de infração no trânsito vai pagar mais caro. O Código de Trânsito Brasileiro passa a ficar mais rígido com os infratores. As multas leves, médias graves e gravíssimas sofrerão reajustes que vão de 52% a 66,12%. Os ajustes estão baseados na alteração no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), por meio da Lei Federal nº 13.281, sancionada em 4 de maio deste ano. Este é o primeiro reajuste das multas desde 2002, quando os valores atuais foram fixados. Com as alterações, a infração gravíssima, que antes tinha multa no valor de R$ 191,54, passará para R$ 293,47 (reajuste de 53%). Já as consideradas graves subirão de R$ 127,69 para R$ 195,23 (aumento de 52%). A infração média saltará de R$ 85,13 para R$ 130,16 (aumento de 52%) e, a leve, de R$ 53,20 para R$ 88,38 (aumento de 66%). Outra mudança radical é em relação aos condutores que dirigirem embriagados ou recusarem a fazer o teste do bafômetro. O valor passará dos atuais R$ 1.915 para R$ 2.934,70, um aumento de 53%. O infrator ainda terá a carteira de habilitação suspensa por 12 meses. Quem se recusar a fazer o teste do bafômetro, e for reincidente em menos de 12 meses, deverá pagar R$ 5.869,40. As regras para o uso de celular enquanto dirige também estão englobadas na nova alteração do Código de Trânsito Brasileiro. O motorista que for flagrado falando ou "manuseando" o celular, terá uma punição gravíssima. A multa era de R$ 85,13 e considerada média agora passa para R$ 293,47 e é enquadrada como gravíssima. A medida também tem punição para aqueles que costumam estacionar em vagas reservadas para idosos e deficientes sem a credencial. O condutor poderá ser multado por infração gravíssima com agravante de que o veículo será removido ao pátio. Para quem for pego disputando racha ou forçando a ultrapassagem em estradas, a multa será de considerada gravíssima no valor de R$ 2.934,70. Os condutores que interromperem, restringirem ou perturbarem a circulação na via com algum tipo de veículo, sem autorização do órgão de trânsito, também será considerado infração gravíssima, mas com multiplicador de 20 vezes no valor da multa, chegando também a R$ 5.869,40. Os valores poderão ser revistos ano a ano com base no Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA). DADOS - De janeiro até o início de outubro 74 condutores foram flagrados dirigindo alcoolizados durante as 22 operações “Lei Seca. Dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública apontam ainda que foram realizados 2.624 testes de alcoolemia, confeccionados 917 autos de infração, recolhidas 414 carteiras nacionais de habilitação (CNH) e removidos 90 veículos.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL