NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 05 de Dezembro de 2020
CIDADES
Terça-feira, 27 de Outubro de 2020, 00h:00

SEGURANÇA PÚBLICA

Roubos de defensivos reduzem 28% em MT

Da Reportagem

Mato Grosso registrou redução nos índices de roubo e furto de cargas e defensivos agrícolas entre janeiro a setembro deste ano. A incidência de roubo de defensivos reduziu 28%. No período, foram registrados 31 roubos em 2020, enquanto no mesmo período do ano passado foram 43.

Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Segundo o levantamento, também houve uma redução de 23% nos furtos de defensivos agrícolas, sendo 34 casos este ano, dez a menos que no mesmo período de 2019, que registrou 44. Entre os locais de registro das ocorrências de roubo e furto estão as propriedades rurais (62%), vias públicas (13%), postos de gasolina (3%), residência particular (3%), indústria (2%), restaurantes (2), vias férreas (2%) e outros (16%).

Nesses nove meses também houve redução de 21% nos índices de roubo de carga no estado. Foram registrados 70 roubos, 19 a menos que no mesmo período de 2019, em que foram registrados 89 casos. Os números de furtos de cargas reduziram 19% em 2020, com 55 registros, 13 a menos que no mesmo período do ano passado, com 68. Entre os principais produtos alvos de roubos e furtos de cargas estão grãos (61%), adubos/agrotóxicos (12%), carne bovina (4%), produtos alimentícios (4%), combustíveis (2%), bebidas (2%), madeira (1%), produtos diversos (5%) e não informados (9%).

A redução é resultado de operações como a “Salutem”, deflagrada pela Sesp de acordo com a necessidade de cada região. O foco é a redução dos indicadores criminais nas Regiões Integradas de Segurança Pública (RISPs), buscando prevenção e repressão imediata aos crimes de roubos e furtos de veículos, cargas e defensivos agrícolas, entre outros.

Para o secretário adjunto de Integração Operacional, Victor Paulo Fortes, fica claro que todas as ações da Segurança Pública contribuem para a redução. “As ações sistemáticas que já vêm ocorrendo no Estado, agregadas ao monitoramento da Inteligência e operações integradas nas regionais com maior incidência, contribuem para a queda desses índices. Na nossa análise, as operações de desmantelamento da maior quadrilha de roubo e furto de defensivo agrícola do estado, no final de 2019 e início de 2020, também foram fundamentais”, ressalta. Há ainda a operação “Patrulhamento Rural”, da Polícia Militar (PM).

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL