NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Domingo, 09 de Agosto de 2020
CUIABÁ URGENTE
Quinta-feira, 23 de Junho de 2016, 19h:35

Cuiabá Urgente 23-06-2016

Político O político que chegou mais perto de fazer parte do primeiro escalão do governo Taques foi o ex-deputado Osvaldo Sobrinho. Portanto, não se espantem se seu nome for ventilado na reforma que está por vir. Querido Sobrinho foi um dos coordenadores da campanha vitoriosa de Taques. Querido por todos, era uma unanimidade entre os partidos que apoiavam Taques para fazer parte do seu staff. Luva Como Taques não queria políticos da velha-guarda no retrato de sua posse, Osvaldo Sobrinho foi preterido. Hoje, seu nome cai como uma luva para quem reclama de falta articulação política no governo. Votação A base de apoio ao governo na Assembleia Legislativa não está tão coesa como muita gente podia imaginar. Pelo menos foi o que transpareceu na apertada votação da quarta-feira sobre a RGA. Apertado Os deputados da base governista conseguiram uma vitória simples, por apenas dois votos, e com muitos questionamentos dos deputados da oposição sobre a lisura da votação. Atenção Chamaram a atenção os dois votos de deputados do PSD, Wagner Ramos e Leonardo Albuquerque, contra a orientação do governo em aprovar a mensagem número 45, que trata da RGA. Vice O PSD é o partido comandado pelo vice-governador Carlos Fávaro. É também a maior bancada no parlamento estadual. Para completar, o deputado Leonardo Albuquerque é vice-líder do governo na AL. Candidato Filiado ao PSB, o ex-secretário municipal de educação Gilberto Figueiredo anunciou que é pré-candidato a vereador em Cuiabá. Figueiredo é homem da cozinha do prefeito Mauro Mendes. ........ Feijão Na terra da soja, falta feijão. E os motivos são óbvios: um hectare semeado com feijão rende 997 quilos e no mesmo espaço colhem-se 3 mil quilos de soja. Faltando feijão, o preço aumenta. Para segurar o preço do feijão, o governo federal vai aumentar a importação. O problema é que o brasileiro gosta do feijão-carioca, praticamente não encontrado em outros países. ............... Rêmora 1 Por unanimidade, a 2ª Câmara Criminal do TJ negou habeas corpus ao empresário Giovani Belatto Guizardi, apontado como líder de esquema de fraudes em licitação na Secretaria de Educação. Rêmora 2 Giovani Guizardi está preso desde o dia 3 de maio, quando foi deflagrada a operação Rêmora pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Para os investigadores, era ele quem exercia a função de secretário. Cinema Deu ontem no blog do jornalista Cláudio Humberto: "O deputado Victório Galli (PSC-MT) demitiu todos os assessores. A exoneração coletiva foi digna de cinema, com direito a gritos e xingamentos. A Polícia Legislativa precisou intervir". VLT A Caixa Econômica Federal aprovou a liberação de mais um empréstimo de R$ 200 milhões para o governo de Mato Grosso tocar as obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), paradas desde dezembro de 2014. VLT 2 Mato Grosso já tinha disponíveis outros R$ 200 milhões aprovados na Caixa para esta obra. Agora, já são R$ 400 milhões. Só falta definir se as obras vão seguir em frente. VLT 3 Estes R$ 400 milhões não são suficientes para concluir as obras. Segundo a consultoria KPMG, faltam R$ 600 milhões; segundo o consórcio construtor, falta R$ 1,3 bilhão. Já foi gasto mais de R$ 1 bilhão na obra. Consignado lá Este tal de consignado para funcionários públicos continua dando BO. Ontem foi a vez do ex-ministro Paulo Bernardo conhecer uma cela da PF, justamente por causa de propina de consignado, em Brasília. Consignado aqui Aqui em Mato Grosso, os detalhes da distribuição de propina de consignado já causou muito alvoroço. O ex-governador Silval Barbosa é acusado de receber uma bolada deste esquema no Estado. Blefe Segunda-feira, a RGA deve voltar à pauta na Assembleia Legislativa. Deputados da oposição garantem que vão reverter a votação. Os governistas prometem atropelar. Quem será que está blefando?

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL