NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 07 de Julho de 2020
CUIABÁ URGENTE
Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016, 20h:05

Cuiabá Urgente 31-10-2016

Tricentenário Com 157.877 votos, Emanuel Pinheiro (PMDB), 52 anos, garantiu nas urnas, no último domingo, a honra de ser o prefeito do tricentenário, que Cuiabá comemora em 2019. História Desde que surgiram as prefeituras como hoje a conhecemos, em 1930, no governo de Getúlio Vargas, Emanuel Pinheiro será o 31º prefeito da história da cidade. História 2 O primeiro foi Júlio Müller, eleito em 1930. Porém, não ficou até o fim do mandato: renunciou e assumiu o vice, João Ponce de Arruda. Em 1934, o eleito foi Benjamin Duarte Monteiro. História 3 Benjamin Duarte Monteiro, o terceiro prefeito da história de Cuiabá, era avô do atual secretário estadual de Infraestrutura do Estado, Marcelo Duarte Monteiro. História 4 Dos ex-prefeitos da cidade ainda vivos, o mais velho é o professor Aecim Tocantins, hoje com 93 anos, que foi prefeito interino em 1961. Aecim antecedeu a Hélio Palma de Arruda e foi sucedido por Vicente Vuolo, em 1962. História 5 Depois do professor Aecim Tocantins, o mais Velho ainda vivo é Frederico Campos, 89 anos, que foi prefeito duas vezes, de 1967 a 1969 e 1989 a 1993. Neste intervalo foi governador, de 1979 a 1983. Tetra Na guerra dos marqueteiros, Antero Paes de Barros contabiliza mais uma vitória na prefeitura de Cuiabá. Foi assim com Mauro Mendes, em 2012, e duas vezes com Wilson Santos, em 2004 e 2008. Com Emanuel, ele é tetra! Abstenção Tem alguma coisa errada na política quando um em cada quatro eleitores se abstém de votar. Em Cuiabá, 25,1% dos eleitores não votaram. É um contingente de 104.235 eleitores. Wilson Santos (PSDB) teve 103.483 votos, menos votos que as abstenções. Soldado O governador Pedro Taques (PSDB), cabo eleitoral número um de Wilson Santos, reconheceu de forma elegante a derrota de seu candidato e garantiu que continuará sendo um “soldado da cidade que tanto ama”. Urucubaca Pedro Taques, como os dois últimos governadores Blairo Maggi e Silval Barbosa, não conseguiu eleger o prefeito da capital. A diferença é que Blairo e Silval não são cuiabanos como Taques. Hereditário Emanuel Pinheiro, o prefeito eleito, teve sua trajetória política inspirada em seu pai, também Emanuel Pinheiro, que foi deputado estadual por quatro vezes e morreu em 1974. O vice-prefeito também tem forte inspiração política em seu pai. O advogado e pecuarista Niuan Sobrinho (PTB), de 31 anos, é filho de Osvaldo Sobrinho, político que foi tudo no Estado. Tapetão O coordenador jurídico da campanha de Wilson Santos, José Antônio Rosa, promete uma vida nada fácil para Emanuel Pinheiro nos tribunais. A pancadaria agora vai para o tapetão. Contas As prestações de contas dos candidatos a prefeito de Cuiabá devem ser entregues à Justiça Eleitoral até o dia 19 de novembro. O déficit das duas campanhas é superior a R$ 1 milhão cada. Retorno Em 2000 Emanuel Pinheiro tentou ser prefeito de Cuiabá, na época pelo extinto PFL, e obteve 7.505 votos. Ficou em último lugar, perdendo para Roberto França – o eleito – Wilson Santos e Serys Slhessarenko. Ajuda O ministro da Agricultura Blairo Maggi não veio a Cuiabá fazer campanha para Emanuel Pinheiro. Porém, deu uma forte ajuda financeira ao seu partido, PP, que curiosamente foi o maior doador para Pinheiro. Cabo O prefeito Mauro Mendes não quis revelar em quem votou. Já a primeira- dama Virginia Mendes não escondeu de ninguém que votou no 15. No fim, ela foi o maior cabo eleitoral de Emanuel Pinheiro. Agradecimento Primeiro agradecimento do prefeito eleito ninguém esquece. No caso de Emanuel Pinheiro foi para o deputado federal Valtenir Pereira, que recuou em sua candidatura para a vitória de Emanuel. Visita Ontem, o prefeito eleito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, visitou a redação do Diário. Após cumprimentar os funcionários do jornal, deu uma longa entrevista que pode ser lida na página seguinte.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL