NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 05 de Dezembro de 2020
CUIABÁ URGENTE
Sábado, 21 de Novembro de 2020, 17h:32

MORTE DE NEGRO

Gilmar Mendes: "O racismo está longe de acabar no Brasil"

Da Redação

Divulgação

Gilmar Mendes

O ministro Gilmar Mendes, do STF: racismo está longe de acabar no Brasil

Nas redes sociais, o mato-grossense Gilmar Mendes, ministro do STF, se se posicionou sobre o caso de João Alberto Silva, assassinado no Carrefour de Porto Alegre (RS), na quinta-feira (18) à noite.

Para ele, o crime reforça que a luta contra o racismo está “longe de acabar”.

"O Dia da Consciência Negra amanheceu com a escandalosa notícia do assassinato bárbaro de um homem negro espancado em um supermercado. O episódio só demonstra que a luta contra o racismo e contra a barbarie está longe de acabar. Racismo é crime! #VidasNegrasImportam", escreveu Gilmar, em seu Twitter

João Alberto tinha 40 anos, era negro e morreu após ser agredido por um segurança e um PM temporário. Eles foram presos acusados de homicídio doloso.

Veja o post o ministro Gilmar Mendes:

Reprodução/Twitter

Gilmar - racismo

 

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL