NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
CUIABÁ URGENTE
Sexta-feira, 03 de Julho de 2020, 16h:45

LUTO NA ACADEMIA

Imortal da AML e fundadora da UFMT, morre a professora Marília Beatriz

Da Redação

Divulgação

Marília Beatriz

A professora e imortal da AML, Marília Beatriz, morreu nesta sexta-feira

Vítima de uma pneumonia, morreu nesta sexta-feira (3), em Cuiaba, a professora Marilia Beatriz de Figueiredo Leite.

Ela estava internada no Hospital São Matheus, há de dez dias.

Imortal da Academia Mato-Grossense de Letras, Marília Beatriz era graduada em Dreito e mestre em Comunicação e Semiótica. Era advogada e professora nas áreas das artes, comunicação, cultura e semiótica.

Foi uma das fundadoras da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), onde chefiou o Departamento de Artes, o Conselho Consultivo do Cineclube Coxiponés, o Projeto Pixinguinha/Funarte, o Museu de Artes e de Cultura Popular (MACP) e o Teatro Universitário.

 Desde 2013, ela ocupava a cadeira 2 da AML, que já foi de seu pai, o escritor Gervásio Leite.

Entre 2015 e 2017, presidiu a academia, sendo a primeira professora da UFMT a exercer a função.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL