NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
CUIABÁ URGENTE
Terça-feira, 07 de Julho de 2020, 12h:00

DEU NA "FOLHA"

Infectado, Bolsonaro tenta usar coronavírus como aliado na crise

Da Redação

Agência Brasil

Jair Bolsonaro

Bolsonaro aproveitou para fazer propaganda de seu medicamento de estimação na crise, a hidroxicloroquina

Do jornalista Igor Gielow, da Folha de S.Paulo, sobre a contaminação de Jair Bolsonaro pela Covid-19:

"Após quase cinco meses de negação e exposição pública em desafio aos riscos de contaminação pelo novo coronavírus, Jair Bolsonaro (sem partido) está infectado pelo patógeno que já matou 65 mil pessoas no Brasil.

Não se fez de rogado: aproveitou para fazer propaganda de seu medicamento de estimação na crise, a hidroxicloroquina, e ainda conseguiu arrumar espaço para criticar governadores de Estado pelo isolamento social horizontal.

Em sua entrevista para TV Record e CNN Brasil, além da oficial TV Brasil, Bolsonaro insistiu, inclusive, que seu estado clínico "normal" poderia ter relação com a medicação que tomara na véspera. Comparou o vírus a "uma chuva". 

Apontou uma "chance de sucesso de quase 100%" para quem toma a hidroxicloroquina nos estágios iniciais da Covid-19. Não há comprovação clínica disso, e mesmo os EUA de seu modelo Donald Trump interromperam o uso da medicação.

A depender da evolução da infecção, Bolsonaro poderá contar com o coronavírus como um inesperado aliado. A vitimização já começou na própria segunda, quando os filhos presidenciais postaram críticas às ironias que passaram a abundar nas redes sociais.

Afinal de contas, entre lideres mundiais, o presidente sempre foi um dos mais notórios negacionistas da seriedade da doença. Mesmo a entrevista em que anunciou a contaminação foi ao vivo, contrariando o recomendado".


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL