NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
CUIABÁ URGENTE
Sábado, 04 de Julho de 2020, 08h:21

DECRETO POLÊMICO

Prefeito recua, mas não desiste do rodízio de carros e pessoas

Da Redação
Emanuel Pinheiro

Prefeito Emanuel Pinheiro: medidas consideradas polêmicas para tentar conter o vírus

Em artigo publicado neste sábado (4), Emanuel Pinheiro (MDB) cita o óbvio: não se combate a pandemia por decreto, mas com gestos, com ações e, principalmente, com a participação de todos.

Na sexta-feira (3), o prefeito recuou das medidas adotadas em um decreto que impunha o rodízio de veículos e de pessoas e ampliava o toque de recolher (essa medida foi mantida).

No artigo, EP diz que, em virtude da prioridade que tem de fechar um projeto para lançar o plano de ação das barreiras sanitárias e para "se comunicar melhor com a população cuiabana", revogou as medidas.

"Durante a próxima semana, estabelecerei essas ou outras medidas que possam conter a circulação pela cidade e a aglomeração em vários estabelecimentos e em vários pontos de Cuiabá", escreveu, sinalizado que não desistiu do rodízio de carros e pessoas na Capital.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL