NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020
CUIABÁ URGENTE
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020, 16h:03

TREM DA DISCÓRDIA

Rumo não engole Ferrogrão e tenta melar projeto, diz revista Veja

Da Redação

Divulgação

Rumo - Ferronorte

A Rumo quer expandir os trilhos da Ferronorte, em Rondonópolis, para Cuiabá, Leste e Norte de Mato Grosso

Segundo a coluna “Radar”, do site da revista Veja, a Rumo/ALL – que, entre outras, opera a malha ferroviária entre São Paulo e Mato Grosso - e o Governo Bolsonaro caminham para “uma sangrenta batalha” no setor de ferrovias.

“Depois de a pasta de Tarcísio de Freitas ter lançado o projeto da Ferrogrão, que ligará Mato Grosso aos portos do Norte, a Rumo, que lucra na rota dos portos do Sudeste, passou a atuar para melar o negócio. É guerra pesada”, diz a publicação.

Na semana passada, a Rumo pagou R$ 5,1 bilhões de antecipação parcial das outorgas das concessões da Malha Paulista e dos tramos central e sul da Ferrovia Norte-Sul.

O investimento vai ampliar a capacidade de transporte de cargas até o Porto de Santos (SP).

Além do mais, essa melhoria permitirá transportar mais cargas a partir de Mato Grosso.

Não por acaso, a Rumo paneja expandir os trilhos da Ferronorte, a partir de Rondonópolis, onde tem o maior terminal de cargas da América do Sul, em direção a Campo Verde, Cuiabá, Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Eurico Fernandes  22-09-2020 08:35:17
É difícil agente acreditar na Empresa, pois a mesma demorou aproximadamente uma década para construir o trecho Alto Araguaia a Rondonópolis, imagem quantas decas e vai demorar para chegar a Lucas do Rio Verde, é que o nosso país do futuro apresenta....????

Responder

0
0



ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL