Sábado, 16 de novembro de 2019










POSSE 21/12/2016 15:40Anterior | Índice | Próxima

Reforço no caixa possibilitou nomeação de 19 novos defensores

Da Reportagem

O governador Pedro Taques participou na terça-feira (20) da posse de 19 defensores públicos para a Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso. Na oportunidade, o chefe do Poder Executivo destacou os esforços realizados no caixa do Estado para possibilitar a nomeação dos aprovados no concurso.

Na cerimônia de posse, o defensor público-geral, Djalma Sabo Mendes Júnior, afirmou que os defensores têm um papel fundamental na consolidação dos direitos humanos. Destacou que a Defensoria estará presente no próximo ano em todas as Comarcas do Estado, graças às novas nomeações. “Nossa vitória é dar voz à sociedade”, disse.

Djalma agradeceu o apoio recebido do governador Pedro Taques para tornar as nomeações realidade. Contou que no dia 31 de dezembro de 2014, teve a informação de que o orçamento para o ano de 2015 havia sido vetado pela gestão anterior. Entretanto, o aporte necessário para o funcionamento no ano de 2015 foi feito pelo Governo do Estado.

Lembrou que em 2015, o orçamento permitiu a realização do primeiro concurso público para o corpo técnico da Defensoria. Já em 2016, o orçamento destinado possibilitou a abertura de novas unidades da Defensoria e a realização do de um novo concurso.

Já o governador Pedro Taques destacou que o papel da Defensoria é de distribuir justiça e entregar esperança. O governador lembrou que em sua trajetória profissional, trabalhou como estagiário em Defensoria e depois foi aprovado em concurso para defensor público, em São Paulo. Contou que se encantou com o trabalho, por poder ajudar a quem mais precisa.

Para o governador, os defensores têm papel fundamental para fazer valer o que a Constituição prevê. “Uma sociedade mais livre, justa e solidária. É um conceito quase de origem religiosa de busca do bem comum, de fazer ao outro o que você quer que faça a você mesmo. Vocês estarão diante de pessoas que nunca mais esquecerão o cheiro, quem trabalha em execução penal sabe o cheiro que tem no presídio e guardarão pelo resto da vida o cheiro da pessoa que busca pela justiça”, comentou.

Quando ao reforço no orçamento da Defensoria Pública, Taques destacou que, como governador, foi convencido da necessidade de aumentar o quadro de defensores e decidiu fazer o acréscimo no orçamento por conhecer a importância do órgão para as pessoas que mais precisam.

O procurador-geral de Justiça, Paulo Prado, destacou que de Djalma Sabo Mendes mudou a Defensoria Pública, elogiando o fato de ter conseguido a nomeação mesmo em momento de dificuldade. O desembargador questionou quantos eram de Mato Grosso, quando apenas dois levantaram as mãos, Prado destacou que é importante que os outros venham de corpo e alma para Mato Grosso. Ressaltou que o trabalho de defensor público é de ser agente transformador da vida das pessoas que mais precisam.

A vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargadora Clarisse Claudino da Silva, afirmou que o mundo vive um momento diferente e exige pessoas ecologicamente corretas. Para ela, é muito importante que os defensores façam o diferencial porque vão trabalhar com a maior parcela da população, as pessoas que mais precisam. (Thiago Andrade/Gcom-MT)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:29 A Bolívia e seus dilemas - parte II
17:29 BOA DISSONANTE
17:28 Estado adia para 2020 decisão sobre VLT
17:27 Diferença entre direita e bolsonarismo
17:26 A saída da extrema pobreza


17:26 Reflexões da vida
17:25 Toffoli intima BC e obtém dados sigilosos de 600 mil pessoas
17:25
17:24 Brics ignoram crise na Venezuela e Bolívia
17:24 Zona de livre comércio com China pode prejudicar indústria
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018