Sábado, 19 de outubro de 2019 Edição nº 15219 15/05/2019  










TOMADA DE PREÇOSAnterior | Índice | Próxima

Câmara vai locar 32 veículos

Da Reportagem

O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PSB), oficializou a abertura de uma tomada de preços para a locação de 32 veículos. A medida visa atender aos 25 vereadores e ainda as secretarias do Parlamento Municipal.

No total, serão 30 veículos modelos hacth com motorização 1.0 e ainda uma van e um ônibus. Destes, 25 veículos serão entregues aos gabinetes parlamentares e sete serão repassados às secretarias.

Já o ônibus e a van servirão para o andamento de diversos projetos do Parlamento. Como exemplo, o socialista cita “Cuiabaninhos na Câmara”, que leva estudantes de escolas públicas para conhecerem e acompanharem os trabalhos do Legislativo.

“Está no nosso plano de gestão a ampliação das ações da Câmara e isso só será possível com a existência de uma estrutura mínima de trabalho aos vereadores e servidores”, lembra o parlamentar que também enumerou ações como a ouvidoria itinerante, que busca ouvir os anseios, críticas e queixas da população as audiências públicas, sessões solenes e sessões fora da sede do Legislativo, que requerem estrutura de transporte para serem efetuadas.

Misael ainda acrescenta que a Casa de Leis possui em sua estrutura administrativa seis secretarias e mais a Procuradoria-Geral Legislativa que desempenham serviços externos.

Neste organograma constam, por exemplo, o Núcleo de Apoio às Mulheres e a Diretora de Cultura, Resgate Histórico e Eventos do Legislativo, que realizam trabalho específico com a população.

Por questões orçamentárias, entretanto, a locação deve ser concretizada no segundo semestre deste ano. “A missão, quando assumimos a presidência da Mesa Diretora, foi de resgatar a imagem do Parlamento e valorizar os servidores. Temos que tirar o cenário de abandono e valorizar tanto a instituição quanto as pessoas que aqui trabalham e necessitam de estrutura para desempenharem suas atividades”, disse Misael.

Questionado sobre a polêmica envolvendo o novo edital de licitação, o presidente afirma que não tem medo de quebrar paradigmas. “Tenho que fazer gestão. E administrar também é saber onde aplicar os recursos públicos. Vou abordar este tema de forma transparente e justa com a população. Com vereadores e com os servidores”, pontua.



Atualmente, a Câmara possui dois veículos, sendo um veículo 1.0 e uma Kombi. “A frota atual não permite à Câmara Municipal atender a sociedade de uma forma adequada. Aproximar o Legislativo do cidadão, contribuinte, pagador de impostos, é uma de nossas metas e, com este certame, teremos mais condições de fazer isso”, alega.

Além da locação dos automóveis, o certame prevê a compra de combustível, cujo contrato atual se encerra em breve. Diferentemente da locação dos veículos, a compra do insumo será concretizada ainda no primeiro semestre.

“A aquisição do combustível ficará restrita aos carros que estarão disponíveis para as secretarias da Câmara. Já os carros que serão cedidos aos parlamentares deverão ser abastecidos pelos gabinetes”, explica presidente da Câmara.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




09:32 Semáforo do Círculo Militar
09:32 Tributação para área da saúde
09:31 Mistérios da República
09:31 Carne Carbono Neutro
09:31 Carne Carbono Neutro


09:30
09:30 O risco dos casuísmos
09:29 Gigante sueca aquece setor de audiolivros do Brasil
09:29 Renée Zellweger já desponta como favorita ao Oscar
09:29 Renée Zellweger já desponta como favorita ao Oscar
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018