Domingo, 22 de setembro de 2019 Edição nº 15219 15/05/2019  










Anterior | Índice | Próxima



Ação e reação

Provocado pelos bolsonaristas após votar contra a vinculação do Coaf a Sérgio Moro, Jayme Campos (DEM) passou a desfiar um rosário de críticas ao Governo Bolsonaro. O senador resume a atual gestão numa palavra: “decepção”.

Efeito Twitter

JC não está nem aí para o fato de o DEM integrar a base de Bolsonaro. Para ele, o Governo é uma nau sem rumo, acha que JB não tem pulso. E criticou o fato de o presidente tentar governar o país pelo Twitter.

Diferenças

No Senado, pela bancada de MT, só Jayme tem coragem para criticar o Governo. Do PSL, Selma Arruda “condena” quem fala mal de Bolsonaro. Do PR, Wellington Fagundes está em cima do muro, mais interessado em cargos na máquina.

Escolinha do...

“Cão de guarda” de Bolsonaro, o deputado José Medeiros (Podemos) provocou revolta ao manifestar, no Twitter, apoio ao corte, pelo MEC, de mais de 30% no orçamento das universidades federais. E ainda criticou os estudantes.

...prof. Raimundo

Em entrevista à Rádio Vila Real, Medeiros elogiou a corrida armamentista de Bolsonaro. “A população tem o direito [de andar armada]. Aquele que não quer se armar, se defende com cabo de vassoura”, disse o deputado.

Negócio...

Os empresários chineses reafirmaram interesse na Ferrogrão, o corredor ferroviário projetado para escoamento de grãos do Centro-Oeste e que prevê os trilhos entre Sinop e Itaituba (PA), onde fica o Porto de Miritituba.

...da China

O projeto é orçado em US$ 3,37 bilhões e o edital deve ser lançado no quarto trimestre de 2019. A manifestação dos empresários foi feito à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, num encontro com 40 investidores, na China.

Invadiu, morreu

Ao site da revista Época, o deputado federal Nelson Barbudo (PSL) defendeu que, se for comprovado que o fazendeiro abateu a tiros o criminoso que invadiu sua propriedade para assaltá-lo, ele deve ser inocentado.

Milícias

“Não acredito que existam milícias rurais. Os assaltantes sabem que os proprietários rurais estão desarmados, veem-nos com fragilidade e sabem que, até a polícia chegar ao local da ocorrência, demora, por ser distante”, disse Barbudo.

Facão

Mauro Mendes (DEM) admitiu que pode fazer mais cortes na máquina pública. Tudo depende da economia nacional, que está em queda constante. MM sinalizou corte, inclusive, no orçamento da universidade estadual, a Unemat.

...............

Virgínia e a defesa de mulher

Influencer de moda, o jornalista Bruno Astuto destaca, na última edição de O Globo, o empenho da primeira-dama de MT, Virginia Mendes, em colocar em funcionamento, ainda neste ano, a delegacia 24 horas para atender casos de violência doméstica e familiar. Uma grande joalheria promoveu, em Cuiabá, jantar beneficente e parte da arrecadação será destinada ao projeto de Virgínia.



...............

Plantão

O atendimento 24 horas para mulheres vítimas de violência será no antigo Cisc Planalto, agora 2ª Delegacia do Carumbé. No plantão, será feito o acolhimento de mulheres e dos acompanhantes e o registro de ocorrências.



Na Europa

Líder da etnia caiapó, o cacique Raoni Metuktire iniciou um giro pela Europa, visando arrecadar recursos para proteger o Parque Nacional do Xingu, no Norte de Mato Grosso. A informação é da revista Veja.



Com o papa

Raoni começou suas andanças por Roma e pela França. No Vaticano, ele deve ser recebido pelo papa Francisco; em Paris, pelo presidente Emmanuel Macron. O Xingu tem várias etnias e é alvo de madeireiros e do agronegócio.



Água e óleo

Análise do MidiaNews aponta que, em MT, não faria o menor sentido uma fusão do DEM com o PSDB, o que colocaria Mauro Mendes e Pedro Taques (PSDB) no mesmo grupo político. “Seria como tentar misturar água e óleo”, diz o site.

Antítese

“(...) Mendes se elegeu no 1º turno, justamente como a antítese de Taques, que se perdeu em sua gestão e colocou Mato Grosso em meio a um caos financeiro”, diz o site. No âmbito nacional, a fusão caminha célere.

Fim da novela?

Previsão do secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo: a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá deve ser reaberta em 13 de junho. A unidade deve atender somente por meio do SUS, com serviços de alta complexidade.

Agora vai...

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou projeto que obriga presos a ressarcirem o Estado pelos gastos com sua manutenção na cadeia. Quem se recusar a pagar, terá o nome inscrito na Dívida Ativa da União.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




15:30
15:29 Nietzsche ganha verniz pop em nova biografia, que o apresenta como misógino
15:29 Emicida retoma parceria com o duo Ibeyi na nova música Libre
15:28 Loucos de Amor volta aos palcos neste final de semana
15:28 Chico Cesar sai em busca de todas as forças


15:15 Entre vaias e aplausos a Bolsonaro, parlamentares são premiados e dançam funk
15:15 Ensino a distância triplica e presencial tem menos calouros em sete anos
15:14 Eduardo Bolsonaro destaca busto de barão do Rio Branco em comissão da Câmara
15:11 Gabinete do ódio tensiona Planalto
15:09 Marcha global pelo clima mobiliza ativistas em diversas cidades brasileiras
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018