Domingo, 21 de julho de 2019 Edição nº 15220 16/05/2019  










Anterior | Índice | Próxima



Bandeira branca

Mauro Mendes (DEM) e Emanuel Pinheiro (MDB) já sinalizam no sentido de fumarem o cachimbo da paz. Segundo uma fonte do DIÁRIO, o governador e o prefeito da Capital estão bem próximos de selarem a reconciliação.

Contramão

A relação entre os dois políticos começou a estremecer quando EP se elegeu prefeito, em 2016. Em 2018, quando o MDB inteiro aderiu à candidatura de MM ao Governo, o prefeito foi na contramão e apoiou o senador Wellington Fagundes (PR).

Feridas

Em janeiro de 2018, EP expôs as feridas: disse que a até então eventual candidatura de MM não era confiável para a oposição. E citou como opções Wellington e o conselheiro Antonio Joaquim, acusado de corrupção no TCE.

Mistério

Ao longo do tempo, as desavenças cresceram e ganharam contorno preocupante com a “novela” Santa Casa (já encerrada). Sobre a retomada do “affair”, um experiente político questionou: “A troco de quê eles fazem as pazes?”

Livre, leve...

Ícone da Operação Rêmora – aquela que descobriu um propinoduto na Seduc que abastecia políticos -, Alan Malouf tem desfilado, lépido e faceiro, no meio politico. É um ativo participante de atos públicos oficiais.

...e solto

Recentemente, chamou a atenção ao participar de uma inauguração em Várzea Grande, quando, sorridente, distribuiu apertos de mão e abraços. Quem viu a cena diz que as autoridades presentes não se constrangeram.

Prêmio

Acusado de liderar esquema de fraude em licitações e pagamento de propina na Educação, Malouf foi condenado a 13 anos, ficou menos de um mês preso, usa tornozeleira e está em prisão domiciliar. Ele fez delação premiada.

Pressão

A cúpula do DEM, gradativamente, aumenta o volume da pressão sobre Eduardo Botelho para ele ser o candidato da legenda a prefeito de Várzea Grande, em 2020. O presidente licenciado da Assembleia, no entanto, ainda reluta.

Campanha

Um dos principais líderes do DEM, o senador Jayme Campos está em franca campanha pela candidatura do secretário de Saúde do Estado, Gilberto Figueiredo (PSB), à sucessão do prefeito Emanuel Pinheiro, na Capital.

Mudança

A manifestação de JC em favor de Figueiredo se deu ontem, em um ato comemorativo ao aniversário de Várzea Grande. O secretário de Saúde está perto de trocar o PSB pelo DEM. E vem a ser um nome que agrada Mauro Mendes.

...............



OAB-MT e “Mocambique Vive”

No próximo dia 25, a partir de 19h, alguns dos principais nomes das artes de MT farão um show beneficente, no Cine Teatro Cuiabá, para arrecadar fundos que serão destinados às vítimas da devastação provocada pelo ciclone Idai, em Moçambique. Pelo menos 600 pessoas morreram e 900 mil ficaram feridas, nesse país do Sudeste Africano. A campanha é da OAB-MT, com o apoio de outras instituições.



...............

Best-seller

Ontem, o ex-vereador João Emanuel esteve na Câmara de Cuiabá distribuindo livros que escreveu durante os quase três anos em que ficou preso. Ao que consta, os temas das obras do agora escritor não são golpes financeiros.

Não deu

O governador Ibaneis Rocha (MDB) bem que tentou, mas não conseguiu demover o coronel PM Eumar Novacki de se demitir da chefia da Casa Civil do Governo do Distrito Federal. Ontem, a exoneração, a pedido, foi publicada no Diário Oficial.

Convites

A publicação do ato no DO, por sinal, demorou dois dias. Novacki pediu para deixar o cargo na segunda-feira (13). Além da iniciativa privada (agronegócio), como a coluna informou, o mato-grossense teria convites do Governo Bolsonaro.

Horrores

Presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (PSB) não tem o apoio unânime dos seus pares na gastança que pretende fazer, com o aluguel de 32 automóveis – 25 para os vereadores -, uma van e um ônibus. Com dinheiro do contribuinte.



Desperdício

Num momento de crise na economia, a medida de Galvão é vista como supérflua. Os vereadores Diego Guimarães (Progressistas) e Marcelo Bussiki (PSB) adiantaram que vão recusar os carros. Tá sobrando dinheiro na Câmara?

Bola murcha

O amistoso entre os times masters do Flamengo e do Corinthians, programado para o dia 18 deste mês, na Arena Pantanal, foi cancelado. A empresa organizadora alegou falta de patrocínio da iniciativa privada.

Na mira da PF

O Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos da PF mapeou a identidade de 700 mil pessoas que colaboram com atividades de lavagem de dinheiro no país. Elas fornecem contas bancárias para repasses ilícitos de fraudes.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:08 MT Prev arrecada R$ 1,3 bilhão a menos que o necessário para pagar aposentados
18:07 Eleição para prefeito em Cuiabá divide tucanos
18:07 Governo conclui pagamento da folha de junho
18:06 Jovem agride ex-companheira em delegacia e é preso
18:05 Preso rapaz que estuprou e matou criança de 8 anos


18:04 Exame identifica segunda ossada de mulher desaparecida
18:04 Irmãos são assassinados e levados para UPA que acaba fechada
18:03 Coronel confessa grampo a pedido de Pedro Taques
18:01 Erros de advogados iniciantes
18:00 Capital humano
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018