Terça feira, 10 de dezembro de 2019 Edição nº 15283 14/08/2019  










NA BOMBAAnterior | Índice | Próxima

Preço médio da gasolina em MT é o maior do Centro-Oeste

MARIANNA PERES
Da Reportagem

O preço médio do litro da gasolina, em Mato Grosso, fechou o mês de junho a R$ 4.706. O valor apurado pelo levantamento da ValeCard mostra que nesse patamar, o Estado detém a maior cotação de bomba do Centro-Oeste. No ranking nacional, o valor médio estadual é o sétimo maior do País.

A média de preços da região, em R$ 4.604, está abaixo do valor apurado para o Estado. O menor valor regional para o litro do derivado de petróleo foi encontrado no Distrito Federal, R$ 4.393. Goiás teve média de R$ 4.644 e Mato Grosso do Sul, R$ 4.674.

Os dados mostram a evolução dos preços para o combustível no Estado, comparando valores médios de bomba de janeiro contra os de junho. Nesse período, o preço do litro passou de R$ 4.657 para R$ 4.706. No mês de maio, um dos períodos do ano também utilizados como referência pela Valecard, a média bateu o maior valor do ano, R$ 4.776.

O levantamento – que reúne cerca de 20 mil estabelecimentos de todo o território nacional – aponta que o litro mais caro está no Acre e no Rio de Janeiro, R$ 5.115 e R$ 5.015, respectivamente.

Com preços médios de R$ 4.185 e R$ 4.259, respectivamente, Santa Catarina e São Paulo têm o litro da gasolina comum mais barato do país.

Entre as regiões do País, a Norte é a que tem a gasolina mais cara (R$ 4.748, em média) e o Sul, a mais barata (R$ 4.385). No Sudeste a média é de R$ 4.705, no Nordeste, R$ 4.661 e no Centro-Oeste, R$ 4.604.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:08 BOA DISSONANTE
18:07 Estado encerra parcelamento e paga folha dia 10
18:06 O censo, a mulher e o agro 4.0
18:05 Como funciona a contratação de temporários
18:05 Um olhar sobre o Brasil


18:04 A vida é a solução
18:03
18:03 Desperdícios na educação
18:02 Mais dia, menos dias
18:02 Governos municipais, estaduais e federal reduziram investimentos em cultura, indica IBGE
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018