Sábado, 19 de outubro de 2019 Edição nº 15306 14/09/2019  










Anterior | Índice | Próxima



Pois é, o TCE é o órgão que fiscaliza os poderes e os municípios, acho que eles deviam dar exemplo e se abdicar dessa verba. São hiper exigentes com os municípios em questão de pagamentos de auxílios nos salários, como exemplo, área da saúde, aqui em Cuiabá. Mandam tirar na hora. Mas os deles é legal. Incrível isso!! O pau que bate em Chico, para o TCE, não bate em Francisco.

CLOVES MURTINHO, Cuiabá/MT



Rumo ao inferno

A ingenuidade e a ignorância é perdoável; porém, a canalhice jamais! Passa-se o cetro ao novo governante e as lavadeiras mudam somente o ritmo do choro, mas nunca a quantidade de lágrimas. Ataque sem base em qualquer arte marcial é antes de tudo sinônimo de derrota, por isso em todas é sempre ensinado que a boa base é o princípio da defesa e da oportunidade do ataque. Néscios são agora alçados ao trono de Dionísio e esquecem que acima está a espada de Dâmocles, suspensa por um fio de rabo de cavalo, expressão da fragilidade da autoridade e do poder. Sendo estes agora os “especialistas” em tudo e em todo assunto que lhes são de seus não tão escusos interesses, nos legando pérolas das mais preciosas sobre a vida sociopolítica nacional e supranacional, dando o chamegão nas suas paralisias cerebrais, esboçadas em verborragias sinistras, paupérrimas limitações de suas mediocridades intelectuais. Por fim, jogar pedra em passarinho livre foi tão comum há três décadas como foi jogar pedra na Geni e outras violências, de forma que a expressão dos que seguem na choradeira bolchevique se resume a palavra “resistência”, que se tornou sinônimo de “chororô”.

FLAVIO BENEDITO DE SOUZA, Funcionário Público, Cuiabá/MT

flaviosouzab@hotmail.com



Lições do Vizinho

Argentina, Chile, Peru, vem adotando medidas para estabilização da economia. O mais curioso e efetivo foi o Peru que expulsou membros do Judiciário para conseguir garantias jurídicas no seu território. No nosso País parece que enquanto as garantias jurídicas não forem restabelecidas, não teremos investimentos. Logo, não teremos empregos. O STF, recentemente, anunciou que colocará em votação a libertação de todos os prisioneiros julgados em segundo instancia. São milhares de condenados. Ora, assim todos os condenados em primeira instancia vão entrar com processo na segunda instância, condenados, claro, serão libertados. Assim não dá. Os magistrados do nosso País devem se mobilizar para evitar esse tipo manipulação. Divulgação na imprensa dos graves efeitos na sociedade a fim de evitar decisões que põe a perder todo o trabalho da estrutura de segurança publica e judiciaria dos estados. Ou, como sugestão, cada Estado que faça a sua própria justiça.

CARLOS MARTINS, Cuiabá/MT



VLT coloca Mauro e Emanuel em rota de colisão

Emanuel Pinheiro está é navegando na maionese. O VLT é fria, caro pra fazer e depois caro pra fazer funcionar. Esse nosso VLT espanhol elétrico já está obsoleto, pois os japoneses já inventaram o Novo VLT movido à energia solar. O nosso, segundo previsões de especialistas, já divulgadas na Capital, quando estiver funcionando 100% - de VG até o CPA, e do Centro além do Coxipó...vai consumir de energia elétrica, o que consome uma cidade com 70 mil habitantes. Composições do VLT, indo de lá pra cá, 24 horas por dia, 365 dias por ano...vão encher os bolsos da Energisa...conta de energia será de milhões de reais.

CARLOS NUNES, Cuiabá/MT



MPE investiga projeto do cais do Porto

É duro querer fazer alguma coisa aqui em Cuiabá. Sempre o MPE é contra.

LAURA LANDIM, Cuiabá/MT



Cuiabá tem alto índice de infestação do Aedes aegypti

Adoto uma metodologia exatamente ao contrário do que se orienta para o combate aos mosquitos proliferadores dessas doenças. Eu não coloco areia em bandejas de vasos de plantas ou qualquer vasilha que possa acumular água, mas, simplesmente e constantemente, verifico se há larvas de mosquitos desenvolvendo-se nesse(s) ambiente(s) e, ocorrendo, coloco nessa água, hipoclorito ou água sanitária, que tem o poder de matá-los. Ou seja, se você eliminar esses possíveis criadouros próximos de sua casa, à sua vista, esses insetos irão por suas ovas em ambientes semelhantes, só que, longes de suas vistas. Para combater ratos ou baratas, você os persegue com um "chinelo", ou coloca uma ratoeira ou armadilha adequada a cada "praga"? Fica aí a sugestão para análise. Ah! E para comparação.

JOÃO GALDINO DE MEDEIROS, Economista, Cuiabá/MT

jgaldinomedeiros@hotmail.com



MT Hemocentro faz campanha para aumentar coletas de sangue

Eihipote?ticota povinho que só vice fazendo campanha e nada adianta. Só quem um dia precisou de sangue é que aprende a doar.

ROBERTA LEMOS, Cuiabá/MT



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




09:32 Semáforo do Círculo Militar
09:32 Tributação para área da saúde
09:31 Mistérios da República
09:31 Carne Carbono Neutro
09:31 Carne Carbono Neutro


09:30
09:30 O risco dos casuísmos
09:29 Gigante sueca aquece setor de audiolivros do Brasil
09:29 Renée Zellweger já desponta como favorita ao Oscar
09:29 Renée Zellweger já desponta como favorita ao Oscar
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018