Quinta feira, 14 de novembro de 2019 Edição nº 15330 18/10/2019  










ARNO SCHNEIDERAnterior | Índice | Próxima

Carne Carbono Neutro

Foi lançado recentemente pela Embrapa um programa para a produção de carne bovina com o objetivo de neutralizar a relação emissão/sequestro de gases de efeito estufa (GEE).

A decisão decorre de duas constatações na área de produção: primeiro porque a maioria executa ainda uma pecuária tradicional que resulta num saldo negativo nas emissões de GEE, ficando o setor vulnerável às críticas de ambientalistas e, em segundo lugar, porque já existem técnicas de produção de carne bovina que promovem uma maior rentabilidade e com neutralidade nas emissões.

As novas gerações estão cada vez mais exigentes com a origem, sistemas de produção e qualidade dos alimentos que consomem.

Estes fatos motivaram a Embrapa a lançar o programa "Carne Carbono Neutro" que consiste na vistoria, qualificação e credenciamento das propriedades inscritas.

Felizmente, as quatro principais técnicas para obter o credenciamento são de fácil adoção e cada uma delas promove ganhos de produção.

Ionóforos e Leveduras: são produtos que misturados às rações e ao sal mineral, promovem redução na população das bactérias do rúmen responsáveis pela geração de metano e uma maior assimilação dos carboidratos existentes no capim. Teremos assim ganho ambiental e incremento na eficiência alimentar dos pastos.

Redução da idade de abate: os bovinos emitem metano durante toda a sua vida, portanto, quanto menor a idade de abate, menos metano emitirão. Há pouco tempo os bois eram abatidos com quatro anos e o peso médio de 16 arrobas. Hoje a maioria é abatida com menos de 36 meses e peso entre 18 e 21 arrobas.

Reforma e adubação de pastagens: capins produtivos além de possuírem mais colmos e folhas têm raízes numerosas, fortes e profundas, que além de sequestrarem CO2 (fotossíntese) ainda transferem carbono para as camadas profundas, resultando numa maior quantidade de carbono armazenado no solo.

Integração pecuária floresta: é o consórcio de espécies florestais com pastagens. Consiste num plantio limitado de árvores por hectare e numa distribuição espacial adequada, de modo a preservar a produtividade dos pastos. Teca e Eucalipto são as mais utilizadas. O número de árvores por hectare varia de 80 a 150 e estarão constantemente sequestrando carbono.

Esta técnica tem ainda um ganho significativo no bem estar animal pelo sombreamento que promove em boa parte da pastagem.

As restrições para comer carne bovina são baseadas na divulgação de que o seu consumo teria consequências na saúde humana (cardíacos e câncer intestinal) e por problemas ambientais pela emissão de GEE.

Recentemente estudos de um reputado instituto de medicina alimentar americano, após pesquisar por muitos anos com milhares de pessoas, afirmou não haver evidências científicas para sustentar uma recomendação para redução no consumo de carne vermelha.

Não havendo mais restrições à saúde humana, a artilharia vai se concentrar agora na área ambiental.

Mas, como já vimos acima, os problemas na área ambiental também já estão sendo resolvidos através de tecnologias que comprovam que é possível produzir carne bovina com neutralidade nas emissões.

Veio, portanto, em boa hora o programa da EMBRAPA, que irá acelerar o processo de produção de carne de qualidade, com neutralidade nas emissões e promover nossa carne vermelha no exterior.



* ARNO SCHNEIDER, engenheiro agrônomo e pecuarista

renato@hotelgranodra.com.br



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:21 Mauro Mendes vê derrota do Cuiabá na Arena
20:21 BOA DISSONANTE
20:20 Novos rumos para o saneamento
20:19 HcanMT: 20 anos de história
20:17 Alcoólicos Anônimos, salvando vidas!


20:15 Doenças infecciosas
20:12 Estímulo ao emprego
20:11
20:10 Kristen Stewart retorna a Hollywood na versão 2019 de As Panteras
20:10 Livro imagina Amazônia devastada e indígenas exilados
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018