Domingo, 08 de dezembro de 2019 Edição nº 15359 30/11/2019  










Anterior | Índice | Próxima

BOA DISSONANTE

BOA

A produção mato-grossense de biodiesel pode promover um incremento de 50% no esmagamento de oleaginosas nos próximos cinco anos. É o que apontam as projeções do Observatório da Indústria, da Fiemt, e da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove). A Fiemt considera essencial para Mato Grosso a construção de um plano de desenvolvimento estratégico voltado ao setor de biocombustíveis.



DISSONANTE

O setor de Serviços acumula resultado negativo em 2019, em Mato Grosso, conforme pesquisa mensal divulgada ontem pelo IBGE. De janeiro a setembro, o setor registra queda de 6,2%, a terceira maior apurada no País, no período. No Centro-Oeste, Mato Grosso tem a maior retração. Mato Grosso do Sul registrou alta de 2,8% de janeiro a setembro. Goiás e Distrito Federal também fecharam com queda, -3% e -1,9%, respectivamente.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:09 Macondo, infelizmente...
17:09 07 – sábado Implantação de Jardim Botânico deve começar
17:08 A maconha foi liberada no Brasil?
17:08 Os pets e o estilingue
17:07 Combate ao custo Brasil


17:05
17:04 Temporada 2019 atrai 6 mil visitantes em exposições marcadas pela diversidade
17:04 Arena Encantada traz fé, magia e diversão para as famílias mato-grossenses
17:03 Em Ela disse, jornalistas contam os bastidores da investigação que derrubou Harvey Weinstein
17:02 Carol Castro: Se deixar, te colocam na prateleira do papel sensual
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018