Terça feira, 21 de janeiro de 2020 Edição nº 15360 03/12/2019  










Anterior | Índice | Próxima

BOA DISSONANTE

BOA

A produção mato-grossense de biodiesel pode promover um incremento de 50% no esmagamento de oleaginosas nos próximos cinco anos. É o que apontam as projeções do Observatório da Indústria, da Fiemt, e da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove). A Fiemt considera essencial para Mato Grosso a construção de um plano de desenvolvimento estratégico voltado ao setor de biocombustíveis.



DISSONANTE

O setor de Serviços acumula resultado negativo em 2019, em Mato Grosso, conforme pesquisa mensal divulgada ontem pelo IBGE. De janeiro a setembro, o setor registra queda de 6,2%, a terceira maior apurada no País, no período. No Centro-Oeste, Mato Grosso tem a maior retração. Mato Grosso do Sul registrou alta de 2,8% de janeiro a setembro. Goiás e Distrito Federal também fecharam com queda, -3% e -1,9%, respectivamente.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:47 BOA DISSONANTE
17:46 Pivetta quer suplente de Cuiabá
17:45 Ciclo das lorotas chega ao fim
17:45 Como organizar as finanças
17:45 Saúde e as metas para o novo ano


17:44 Mais garantias na Justiça
17:44 As reformas e os pobres
17:43
17:42 Há 40 anos, Frank Sinatra cantava no Maracanã
17:42 Unidade se consolida como maior projeto de formação em artes cênicas de MT
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018