Domingo, 08 de dezembro de 2019 Edição nº 15361 04/12/2019  










TRANSPORTE COLETIVOAnterior | Índice | Próxima

Prefeitura licita a construção de 1,2 mil pontos de ônibus

Da Reportagem

Cuiabá conta com 2,5 mil pontos de ônibus. Destes, cerca de 1,2 mil são descobertos, sendo que 400 estão em situação precária ou com apenas placas de indicação de parada dos ônibus. Para mudar esse cenário, a prefeitura realiza, nesta quinta-feira (05), concorrência pública para contratação de empresa para fornecimento e implantação, retirada e manutenção das paradas de ônibus, localizadas na capital.

O processo licitatório está dividido em dois lotes e abrange o fornecimento e implantação dos 1.200 abrigos, sendo 200 coberturas em placa solar, além dos serviços execução das fundações superficiais, com fornecimento de mão de obra e materiais necessários, incluindo os insertes metálicos para a fixação das novas paradas.

A vencedora também ficará responsável pela retirada de 624 antigos abrigos, conforme demanda da Diretoria de Transportes; manutenção das coberturas em geral, pelo tempo de vigência do contrato. As quantidades previstas no edital são estimativas de fornecimento e implantação, não se obrigando a administração à aquisição total. As obras estão previstas para começar ainda este ano. O projeto será executado ao longo de 2020.

A licitação foi lançada pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) na modalidade menor preço. Mesmo com a licitação, o deficit, hoje estimado em 1 mil pontos deve continuar. Considerando os 400 pontos precários que devem ser substituídos, restaram apenas 800 a serem cobertos, o que não supre a demanda de 1,2 mil sem proteção contra o sol ou a chuva.

A data de abertura de envelopes para conhecer empresas ou consórcios interessados no certame será nesta quinta-feira (5). O processo será dividido em dois lotes e o contrato terá duração de 12 meses. Os trabalhos compreendem a execução das fundações superficiais, com fornecimento de mão de obra e materiais necessários, incluindo os inserts metálicos para a fixação dos novos abrigos.

Além da retirada de 624 abrigos antigos e manutenção dos abrigos em geral, pelo tempo de vigência do contrato. Os dois lotes preveem 736 abrigos normais e 80 solares medindo 1,5 metro x 4 m. Além de 264 normais e 120 solares com espessura de 2,2 m x 4 metros.

Os 1,2 mil novos pontos devem ser implantados tanto no centro quantos nos bairros, sendo que o número corresponde a substituições de estruturas deterioradas e a construção de estruturas onde hoje há apenas placas sinalizando as paradas. A Semob enfatiza que este é o maior projeto voltado à construção e troca de pontos de ônibus já executado na capital.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:09 Macondo, infelizmente...
17:09 07 – sábado Implantação de Jardim Botânico deve começar
17:08 A maconha foi liberada no Brasil?
17:08 Os pets e o estilingue
17:07 Combate ao custo Brasil


17:05
17:04 Temporada 2019 atrai 6 mil visitantes em exposições marcadas pela diversidade
17:04 Arena Encantada traz fé, magia e diversão para as famílias mato-grossenses
17:03 Em Ela disse, jornalistas contam os bastidores da investigação que derrubou Harvey Weinstein
17:02 Carol Castro: Se deixar, te colocam na prateleira do papel sensual
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018