Sexta feira, 21 de fevereiro de 2020 Edição nº 15386 14/01/2020  










DEFESA SOCIALAnterior | Índice | Próxima

Rondas preventivas e ostensivas geraram mais de 8 mil ocorrências em VG

Da Reportagem

Rondas preventivas e ostensivas deflagrada pela Secretaria de Defesa Social de Várzea Grande, em 2019, geraram 8.077 ocorrências em todo o município. Além disso, a patrulha “Maria da Penha”’ realizou 943 atendimentos relacionados à Lei Federal 11.340/06, de situações que envolveram violência contra mulheres, doméstica ou familiar. Para o secretário municipal de Defesa Social e comandante da Guarda Municipal de Várzea Grande, Evandro Homero Dias, dados como estes mostram que o órgão municipal está cada vez mais próximo da comunidade.

“Em 2019 estivemos mais próximos do cidadão várzea-grandense e esses números representam a defesa dos direitos, a proteção preventiva da sociedade e do patrimônio público. Atuações que consideramos importantes e vitais ao cidadão”, acredita. Outros números apresentados pelo comandante e secretário municipal, são das fiscalizações de trânsito.

Segundo o levantamento, no ano passado foram cometidas 39.393 infrações de trânsito por condutores nas vias públicas da cidade; a Guarda Municipal realizou 1.294 atendimentos a acidentes de trânsito; 1.612 atendimentos à unidades de ensino; 5.600 atendimentos à unidades de saúde e programas sociais, como o de combate de drogas; participou de 495 eventos solicitados pela sociedade com policiamento ostensivo e preventivo; além de participar de 84 operações integradas com parceiros municipais, estaduais e federais.

“Diante desses resultados podemos afirmar que exercemos um policiamento comunitário preventivo com eficiência no município de Várzea Grande. Atuando juntamente com as forças de segurança pública estadual, o Guarda Municipal atualmente é visto como um profissional de confiança que está atento o tempo todo aos acontecimentos diários, conhece bem como funciona o dia a dia da cidade, e atua preventivamente de modo a identificar e proibir qualquer ação suspeita ou de delito e contra a criminalidade”, afirma Evandro Dias.

Sobre a responsabilidade da Secretaria Municipal de Defesa Social, ele explica que a Guarda Municipal atua também com as coordenadorias de Defesa Civil, Coordenadoria de Trânsito, Ensino e Instrução, Operacional e da Junta Militar. “A coordenadoria de Defesa Civil, por exemplo, realizou o ano passado, 156 fiscalizações de áreas de risco e visitas técnicas, além de fazer 65 encaminhamentos à Superintendência Municipal de Habitação. Por tanto a nossa atuação é bastante extensa”, pondera o comandante.

Já a Coordenadoria da Junta Militar registrou o alistamento ao Serviço Militar de 3.440 pessoas; emitiu a 2ª via de 242 certificados de alistamento militar (CAM); 1.854 pessoas foram dispensadas do serviço militar, emitiu 146 atestados de desobrigação militar para pessoas acima de 45 anos; emitiu 494 certificados variados, e, ofertou 1.900 informações ao público em geral.

A Coordenadoria de Ensino e Instrução também realizou 110 apresentações do teatro de fantoches do projeto “Arte de Proteger”, atingindo 26.584 alunos e 2.101 adultos. O projeto “Paz e segurança na comunidade escolar” alcançou oito escolas e 3.262 alunos. “Esta coordenadoria também foi responsável pela capacitação dos nossos GMs, com 16 cursos técnicos. Nesse aspecto, é fundamental a preocupação da atual administração com a política de fortalecimento da Guarda Municipal para padronizar, capacitar bem os recursos humanos e implementar a tão buscada integração. Se nós tivermos bons guardas no município, com certeza, a segurança pública vai melhorar muito, e temos com as capacitações e ampliação de funções”, frisou.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:30 Abilio pode ser o segundo vereador a ser cassado por quebra de decoro
16:30 Jeferson Schneider diminui delação de Silval e critica MP
16:29 BOA DISSONANTE
16:28 Alcolumbre anuncia apoio a Julio Campos
16:27 Campanha da Fraternidade - 2020


16:27 Em defesa de quem cria
16:27 Não é não, especialmente no Carnaval
16:26 Trânsito
16:25
16:25 Um futuro para o trabalho
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018