Quinta feira, 20 de fevereiro de 2020 Edição nº 15397 29/01/2020  










VAGA DE SELMAAnterior | Índice | Próxima

DEM pede que Mauro fique neutro até março

Governador se reúne com Executiva do DEM que estabelece o prazo de 14 de fevereiro para inscrição dos interessados na disputa

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem

O governador Mauro Mendes se reuniu na noite de segunda-feira (27) no Palácio Paiaguás com a Executiva Estadual dos Democratas para tratar sobre a eleição suplementar ao Senado. Os líderes da sigla estabeleceram o prazo de 14 de fevereiro para inscrição dos interessados na disputa e pediram que o governador Mauro Mendes fique neutro até março, quando será decidido o nome para a vaga.

Ficou decidido abrir o calendário interno para a eleição suplementar ao Senado que será realizada no próximo dia 26 de abril. Com mais de 55 mil filiados em Mato Grosso, o DEM irá oportunizar aos seus membros a possibilidade de opinar e participar sobre o pleito.

Portanto, os filiados que tiverem interesse em disputar o cargo de senador têm até o dia 14 de fevereiro para se manifestar oficialmente. No dia 17 de fevereiro, a Executiva Estadual se reunirá para avaliar os possíveis candidatos e no dia 11 de março está marcada a convenção do Democratas para decidir sobre a eleição suplementar.

Durante o período que antecede a convenção, o Democratas, por meio de sua Executiva Estadual, vai intensificar o diálogo com os partidos aliados sobre a eleição para o Senado. No encontro, dois nomes da sigla manifestaram interesse na vaga: o ex-governador Júlio Campos e o deputado estadual Dilmar Dal’Bosco.

Uma das possibilidades é de que o chefe do Executivo não participe do processo eleitoral e fique “neutro”. Isso porque, legendas aliadas também pretendem lançar candidatos a vaga que ainda está sendo ocupada pela senadora cassada Selma Arruda (PODE).

Entre os aliados de Mauro Mendes que articulam a eleição ao Senado, estão o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT), e o terceiro colocado nas eleições ao Senado em 2018, Carlos Fávaro (PSD).

Júlio Campos disse ontem que encerrado o prazo de inscrição, até o dia 17 de fevereiro, os líderes escolhem o nome com maior viabilidade para a disputa.

Entretanto, a escolha se ele será lançado ou se o DEM irá se aliar a outro partido deve ocorrer somente no dia 11 de março, data já marcada para a convenção. Conforme prazos da Justiça Eleitoral, as siglas têm entre 10 e 12 de março para realizar as convenções. Dia 17 de março é o prazo final para o registro de candidaturas.

“Nada impede que nossos pré-candidatos agilizem seus trabalhos até a definição final, não só no partido, nos diretórios, com os prefeitos e vereadores, como também com outros partidos. Neste caso, estamos nessa pré-campanha. Eu mesmo terei um almoço com Carlos Fávaro [pré-candidato do PSD]. Como já tive reunião com o vice-governador Otaviano Pivetta e o deputado federal Neri Geller”, afirmou Júlio.

“Enquanto isso, até fevereiro o DEM fará uma pesquisa para saber a viabilidade dos nomes. Já estamos fazendo. Eu fiz uma pesquisa individual, para consumo interno. E o partido vai contratar outra para antes de fevereiro”, explicou.

“Sobre Mauro Mendes, em virtude de ter sido eleito em uma aliança forte, de vários partidos, ele foi liberado para ficar neutro, não tomar posição. Porque Carlos Fávaro é amigo dele, Pivetta é o vice dele, eu sou companheiro. Então, ele tem muitos aliados com pretensão”, afirmou.

“Neste instante, é o ideal para ele, porque, às vezes, pode ter uma ampla coligação e sair só um candidato do grupo, ou dois. Quer dizer, vamos com calma”, defendeu Júlio.

A eleição para o substituto no Congresso Nacional da juíza Selma Rosane de Arruda, que teve o mandato cassado, ocorre em 26 de abril. O registro de candidatura deve ser feito junto a Justiça Eleitoral de Mato Grosso até 17 de março.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:49 Silvio reafirma ter dado dinheiro para Emanuel Pinheiro
16:49 Silval Barbosa é condenado a 6 anos de prisão
16:49 TJ afasta promotora de MT suspeita de desviar quase R$ 1 milhão
16:48 Por unanimidade, STJ mantém conselheiros do TCE afastados
16:48 Partidos de oposição entram com pedido de cassação de Flávio Bolsonaro


16:47 Wilson diz que Taques pode ser Candidato
16:47 BOA DISSONANTE
16:46 Universidades sob mira de espiões
16:46 “Ela deu o rádio”
16:46 Parasitas
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018