Segunda feira, 24 de fevereiro de 2020 Edição nº 15409 14/02/2020  










MORTE BRUTALAnterior | Índice | Próxima

Para roubar carro, ladrão mata a tiros presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública

ARQUIVO
Téo Gomes
Da Reportagem

Para roubar um carro, um ladrão matou a tiros Valdir Aparecido Farinha, de 60 anos, presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg) e ex-preesidente da Federação do Conselho de Segurança Pública (Feconseg) da cidade de Rondonópolis (Sul, a 220 quilômetros de Cuiabá). \r\nO crime, segundo a Polícia Militar (PM) aconteceu por volta das 21 horas desta quarta-feira, 12. Um amigo de Valdir também foi baleado e segue hospitalizado. Dois casais de assaltantes, inclusive uma das mulheres estava armada na linha de frente, foram presos no início da madrugada desta quinta-feira, 13, pela Polícia Militar. Um dos bandidos preso foi reconhecido como o que matou o presidente da Conseg.\r\nValdir havia recebido um casal em casa, e quando ele, a esposa e o casal estavam conversando na frente da casa, no Jardim Monte Líbano, em Rondonópolis, quando chegou um bandido armado para roubar o carro do casal. O ladrão disparou um tiro. Armado, o presidente da Conseg reagiu, e trocou tiros com o assaltante, mas acabou sendo baleado e morrendo na frente da casa dele.\r\nA Polícia Militar foi acionada junto com uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os paramédicos constaram que Valdir já estava morto e prestaram socorro à segunda vítima baleada até o Hospital Regional. Os policiais militares saíram em diligência, e conseguiram prender quatro pessoas: dois homens e duas mulheres acusadas de envolvimento em uma quadrilha especializada em roubo de carros.\r\nFLAGRANTE – Tentando prender o latrocida – bandido que mata para roubar -, os policiais militares de Rondonópolis flagraram uma quadrilha tentando roubar um carro, um modelo Ônix. Os policiais pediram reforço e uma guarnição da Força Tática foi acionada para ajudar na perseguição dos bandidos que estavam no Onix tomado de assalto.\r\nNa perseguição, já no início da madrugada desta quinta-feira, o ladrão que dirigia o carro tomado de assalto diminuía a velocidade do veículo como se fosse parar e se entregar. Só que não, Muito contrário, um dos ladrões colocou o braço para fora e começou a atirar contra os policiais que estavam na viatura no encalço.\r\nOs policiais prontamente revidaram contra o carro onde estavam os bandidos, que teimavam em não se entregar. A perseguição, no entanto, só terminou quando os ladrões: dois homens e duas mulheres pararam o carro na altura do Jardim Primavera. Dentro do carro os policiais apreenderam armas e um rádio ligado na frequência usada pela PM.\r\nUm dos bandidos preso, segundo a Polícia Militar apurou, foi reconhecido por testemunhas como o ladrão-latrocida que matou Valdir Farinha. Os quatro foram transferidos para a Delegacia de Polícia Civil (PC) de Rondonópolis onde todos foram autuados em flagrante em crime de roubo, e um deles – nenhum teve o nome revelado -, foi autuado em flagrante em crime de latrocínio pelo roubo seguido de morte do presidente Conseg.\r\nO corpo de Valdir Farinha, uma pessoa muito conhecida em toda a região Sul de Mato Grosso foi liberado pela Polícia Civil e o sepultamento aconteceu no final da tarde desta quinta-feira.\r\n

Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:30 Abilio pode ser o segundo vereador a ser cassado por quebra de decoro
16:30 Jeferson Schneider diminui delação de Silval e critica MP
16:29 BOA DISSONANTE
16:28 Alcolumbre anuncia apoio a Julio Campos
16:27 Campanha da Fraternidade - 2020


16:27 Em defesa de quem cria
16:27 Não é não, especialmente no Carnaval
16:26 Trânsito
16:25
16:25 Um futuro para o trabalho
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018