Segunda feira, 24 de fevereiro de 2020 Edição nº 15409 14/02/2020  










VIOLÊNCIAAnterior | Índice | Próxima

Jornalista é assassinado na fronteira de MS com o Paraguai

Da Folhapress – São Paulo

Dono de um site que produzia notícias relacionadas ao tráfico de drogas na fronteira com o Paraguai, o jornalista paraguaio naturalizado brasileiro Léo Veras foi assassinado na noite desta quarta-feira em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul, a 342 km da capital Campo Grande.

De acordo com a Polícia Nacional do Paraguai, Léo foi executado com 12 tiros de pistola 9 milímetros. Atingido na cabeça, Veras chegou a ser socorrido e levado a um hospital particular da cidade paraguaia, mas não resistiu.

No momento da ação dos criminosos, Veras jantava com a família no quintal de sua casa. Por volta das 21 horas, segundo o G1, dois pistoleiros encapuzados chegaram em uma caminhonete branca, entraram pelo portão que estava aberto e invadiram o local. A polícia não confirma se o crime tem relação com o tráfico.

Os investigadores farão perícia no celular e no computador da vítima. As câmeras da casa onde o jornalista morava não estavam funcionando. A polícia paraguaia deve pedir a colaboração das autoridades brasileiras para chegar aos autores da execução.

Um amigo de Veras que não quis se identificar informou ao G1 que se encontrou há 20 dias com o jornalista e ele relatou sobre as ameaças de morte que vinha sofrendo.

“Nesses últimos dias, as ameaças eram constantes. Ele falou que as ameaças eram por matérias referentes ao tráfico de drogas e também relacionadas a autoridades policiais paraguaias”, disse.

O Ministério Público do Paraguai já investiga o caso. O promotor paraguaio responsável pelo caso, Marco Amarilla, informou ao G1 que o jornalista vinha sofrendo ameaças e temia por sua vida. O Sindicato dos Jornalistas em Mato Grosso do Sul também divulgou nota lamentando a execução do jornalista e cobrando celeridade nas investigações e na resolução do caso.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:30 Abilio pode ser o segundo vereador a ser cassado por quebra de decoro
16:30 Jeferson Schneider diminui delação de Silval e critica MP
16:29 BOA DISSONANTE
16:28 Alcolumbre anuncia apoio a Julio Campos
16:27 Campanha da Fraternidade - 2020


16:27 Em defesa de quem cria
16:27 Não é não, especialmente no Carnaval
16:26 Trânsito
16:25
16:25 Um futuro para o trabalho
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018