NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 03 de Julho de 2020
ECONOMIA
Segunda-feira, 07 de Janeiro de 2019, 18h:37

EXPORTAÇÕES 2018

Rondonópolis reassume posição de líder em Mato Grosso

O município de Rondonópolis, no sul de Mato Grosso, reassumiu a primeira posição no ranking das cidades que mais exportam no estado de Mato Grosso. As vendas externas somaram de janeiro a dezembro do ano passado US$ 1,31 bilhão, cifras que representam quase 13% de tudo que o Estado negociou em 2018. Mato Grosso fechou o ano com exportações de mais de US$ 16 bilhões. Rondonópolis já liderou esse ranking no passado, mas nos últimos anos havia sido superado por Sorriso, hoje considerada a Capital Nacional do Agronegócio brasileiro, no norte mato-grossense e grande exportadora de grãos in natura, conforme dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). As exportações de Rondonópolis colocaram o município como o 39º maior exportador do país. No mesmo período, as importações da cidade chegaram a US$ 631 milhões, gerando um saldo positivo na balança comercial de US$ 687 milhões. Esse valor importado coloca o município como o maior importador de Mato Grosso, sendo responsável por 39,6% das importações do Estado, o que o coloca na 67ª posição entre os maiores importadores do país. As tortas e outros resíduos sólidos de soja são responsáveis por 67% do volume exportado, enquanto a soja propriamente dita foi responsável por 13% das exportações do município. O milho foi responsável por 9,6% do total exportado, enquanto a carne bovina foi responsável por 2% e o óleo de soja foi responsável por 1,5% do total exportado por Rondonópolis. Entre os países que compraram a produção da cidade, a Tailândia, país do sudeste asiático, foi o destino para onde foram 25% das nossas exportações, enquanto a Indonésia comprou 20% da produção local. A China foi o destino de 13% das nossas exportações e os Países Baixos (Holanda) ficaram com 9,7%, Irã com 7,3% 3 o Vietnã com 5,7% das nossas exportações. Por outro lado, Belarus, país da Europa Oriental, foi o país de onde mais compramos, ficando com 15% do total de nossas importações, enquanto a Rússia ficou com 13% das nossas importações, Canadá com 12%, China com 11%, Marrocos com 8,1% e Estados Unidos com 7%. Os produtos importados são em sua maioria, cerca de 90% do total, adubos usados no plantio da soja e do milho. DESTAQUE - As exportações de Sorriso em 2018 bateram na casa dos US$ 1,03 bilhão, pouco mais de US$ 280 milhões a menos que Rondonópolis. Já em 2017, as exportações de Rondonópolis ficaram em US$ 1,02 bilhão, enquanto Sorriso exportou US$ 1,55 bilhão. Cuiabá exportou no ano passado mais de US$ 1,04 bilhão, ficando na segunda posição no ranking. Em 2018, o estado de Mato Grosso exportou um total de US$ 16,1 bilhões, o equivalente a 6,7% das exportações do país no período, o que colocou o estado em 6º lugar entre os estados que mais exportaram no Brasil em 2018. No mesmo ano, Mato Grosso importou US$ 1,5 bilhão, ou 0,9% do total importando pelo país no ano, acumulando um saldo positivo na sua balança comercial de US$ 14,6 bilhões. Esses dados o colocam na 15ª posição entre os estados importadores.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL