NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 07 de Julho de 2020
ECONOMIA
Terça-feira, 01 de Novembro de 2016, 19h:38

ZERO-QUILÔMETRO

Vendas registram queda de mais de 22%

Acumulado passou de 80.494 para 62.726 unidades na comparação entre acumulado de janeiro a outubro de 2016 ante igual momento de 2015

MARIANNA PERES
Da Editoria
As vendas de veículos zero quilômetro, em Mato Grosso, encerraram mais um mês com desempenho negativo. No acumulado dos dez primeiros meses do ano a retração é de 22,07% quando comparada ao mesmo período de 2015. De janeiro a outubro foram comercializadas nas concessionárias estaduais 62.726 unidades contra 80.494 em igual acumulado do ano passado. No país, a queda no período foi de 22,28%. Conforme dados divulgados ontem pela Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) todos os indicadores de vendas no Estado são negativos até outubro, seja na comparação mensal, outubro ante setembro como na análise anual, outubro ante outubro. No mês passado foram comercializadas 5.288 unidades, volume -7,95% inferior aos 5.745 veículos contabilizados pelo segmento em setembro. Em outubro do ano passado foram vendidos 5.682, o que representa um encolhimento anual de -6,93%. Os segmentos mais afetados são justamente os de maior participação em vendas no setor como autos e comerciais leves e motos, ambos com queda de 21,34% e 23,52%, respectivamente. No share estadual, as vendas de motos foram responsáveis no período de janeiro a outubro por 45,06% de tudo que foi comercializado. Autos e comerciais leves responderam por outros 48,48% do mercado de zero-quilômetro. BRASIL - A venda de veículos novos no Brasil teve queda de 0,57% em outubro ante setembro, para 159.049 unidades. Como pontua a Fenabrave, outubro, no entanto, contou com um dia útil a menos (20). Na média diária, portanto, houve crescimento de 4,4%, para 7,9 mil unidades, em levantamento que considera os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. Na comparação com outubro do ano passado o mercado tem retração mais intensa, de 17,22%. Mas como também há um dia útil a menos em outubro deste ano, a média diária tem recuo menor, de 13,1%. No acumulado do ano, a venda de veículos novos alcança 1.667 milhão de unidades, baixa de 22,28% ante o resultado registrado em igual período de 2015. As quedas no mercado de veículos no Brasil ainda refletem a alta continuada do desemprego e o crédito restrito por parte das instituições financeiras. Representantes de associações do setor automotivo, como a Anfavea e a Fenabrave, acreditam que o quarto e último trimestre de 2016 deve marcar a retomada das vendas. Para o ano inteiro, no entanto, a projeção da Anfavea é de queda de 19%, considerando todos os segmentos.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL