NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020
ESPORTES
Sábado, 19 de Setembro de 2020, 14h:09

CORINTHIANS

Com Coelho e base, Corinthians revê cenário de '4ª força' da época de Carille

DIEGO SALGADO
Folhapress - São Paulo
Dyego Coelho

O Corinthians amenizou a crise com a vitória por 3 a 2 sobre o Bahia na última quarta-feira (16), na Neo Química Arena. A receita para o triunfo contou com a presença de jovens da base, escalados por Dyego Coelho, que comanda o time de forma interina.
O cenário, com um técnico da casa e atletas lançados no time alvinegro, é similar ao do começo da temporada de 2017, quando o time era apontado como a "quarta força" do estado de São Paulo. Com essa alcunha, explorada até mesmo pelo clube, o Corinthians venceu o Paulista e o Brasileiro.
Antes dos bons resultados, a equipe estava sob desconfiança, com um treinador da casa, assim como é Coelho. À época, Fábio Carille começou a temporada como treinador efetivado, depois de anos como auxiliar de Mano Menezes e Tite.
Com orçamento apertado no clube, o Carille passou a usar atletas da base no time titular. Casos do volante Maycon e do lateral esquerdo Guilherme Arana, titulares durante aquela temporada. O treinador também foi responsável por lançar Pedrinho no time profissional, depois de o meia-atacante brilhar na conquista da Copa São Paulo.
O elenco corintiano de 2017 ainda tinha os seguintes jovens: o lateral direito Léo Príncipe, os zagueiros Pedro Henrique e Léo Santos, os volantes Marciel e Mantuan, o meia Rodrigo Figueiredo, os atacantes Carlinhos e Léo Jabá, além dos goleiros Matheus Vidotto e Caique.
O grupo de 2017, assim como o atual, também contava com Fagner e Jô, revelados pelo Corinthians. O centroavante se tornou um dos pilares do time ao marcar 25 gols na temporada e se tornar artilheiro do Campeonato Brasileiro.
Conforme publicou o UOL Esporte, o Corinthians tem evitado acelerar a busca por um novo técnico, após a saída de Tiago Nunes, embora Andrés Sanchez tenha dito que a está atrás de um treinador.
A diretoria não pretende encaminhar nenhuma contratação até pelo menos o próximo jogo, diante do Sport, na Ilha do Retiro, na quarta-feira (23). Dessa forma, Coelho ganha fôlego para mostrar trabalho.
Diante do Bahia, Coelho, que é técnico do sub-20, escalou três jovens jogadores: o lateral esquerdo Lucas Piton, o volante Xavier e o meia Roni, autor de um dos gols do triunfo.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL