NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 11 de Agosto de 2020
ESPORTES
Quinta-feira, 25 de Julho de 2019, 01h:00

LIBERTADORES

Corinthians encara o Montevideo Wanderers

Técnico usou o treino de ontem para acertava posicionamento e exercícios de saída de bola e contra-ataque. Os reservas fizeram treino com bola

ARTHUR SANDES
Da Folhapress – São Paulo

Fábio Carille não planeja grandes mudanças no Corinthians para o duelo contra o Montevideo Wanderers (URU), pela Copa Sul-Americana. A partida na Arena começa hoje, às 21h30 (de Brasília), sendo o jogo de ida das oitavas de final.

No treino anterior, na manhã de terça-feira, o treinador manteve a escalação que empatou com o Flamengo no último domingo: Gabriel na vaga de Ralf, e esquema tático idêntico.

O técnico treinou os titulares com Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel; Junior Urso, Sornoza, Clayson e Pedrinho; Vagner Love. A manutenção faz sentido, visto que Carille saiu satisfeito do empate por 1 a 1 com o Flamengo.

Enquanto o time principal acertava posicionamento e exercícios de saída de bola e contra-ataque, os reservas fizeram treino com bola em um campo anexo. Foram quatro ausências na atividade em campo: Bruno Méndez, que está no Pan-Americano com o Uruguai; Ralf, que faz tratamento após lesão muscular; Janderson, "emprestado" ao time sub-20; e Gustagol, que luta contra fadiga muscular. Ramiro e Everaldo treinaram normalmente.

O treino de ontem foi fechado à imprensa, para ajustar os detalhes do Corinthians antes do confronto pela Sul-Americana.

RENÊ JÚNIOR

Renê Júnior completou na segunda-feira 366 dias sem jogar partidas oficiais. O volante do Corinthians sofreu lesão grave no joelho em 2018 e, quando estava voltando a treinar, teve que passar por nova cirurgia para corrigir de vez o problema. Na semana passada ele voltou a trabalhar sem restrições, disputou até jogo-treino e agora pode ganhar espaço pela ausência de Ralf.

Titularíssimo no Corinthians, Ralf sofreu lesão muscular e virou desfalque por até um mês. A princípio é Gabriel quem herda a posição, como foi no empate por 1 a 1 contra o Flamengo, mas nada impede Fábio Carille de testar opções à frente da área. Matheus Jesus tem agradado a comissão técnica, por exemplo, e o próprio Renê Júnior deixou boa impressão no treinador nos poucos jogos que fez em 2018.

Atualmente o maior desafio de Renê é ganhar ritmo de jogo. Tanto que o Corinthians até cogitou "emprestá-lo" ao time sub-23 para que sua volta aos gramados não seja tão intensa, mas a lesão inesperada de Ralf frustrou este plano. Deste modo, o volante de 29 anos deve permanecer no elenco principal para voltar a ser relacionado em breve.

Renê Júnior foi contratado pelo Corinthians junto ao Bahia no início de 2018 e até teve boas atuações, mas teve uma lesão muscular e um problema no menisco do joelho direito. Em julho, durante clássico contra o São Paulo, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e aí começou o suplício longe de campo.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O Brasil já ultrapassou as 100 mil mortes pela Covid-19. Para você, quem tem culpa?
O presidente Jair Bolsonaro
Os governadores
Os prefeitos
Ninguém. A doença é incontrolável
PARCIAL