NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 09 de Julho de 2020
ESPORTES
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2019, 17h:53

DESTAQUES

Felipão tem chance de ampliar o rodízio

Sem perder ninguém e com mais reforços, principalmente no meio-campo e no ataque, o treinador palmeirense terá em mãos neste ano quase três times

RAFAELA CARDOSO
Da Folhapress – São Paulo
A receita campeã de Felipão na temporada passada seguirá ainda mais forte em 2019. O rodízio de atletas que entraram em campo de acordo com as competições foi essencial para o Palmeiras disputar três torneios simultâneos e faturar o Brasileiro. Sem perder ninguém e com mais reforços, principalmente no meio-campo e no ataque, o treinador terá em mãos neste ano quase três times. Em quase todas as posições há três jogadores na briga pela vaga de titular. No último treino aberto, Felipão conseguiu montar três equipes. A zaga e as laterais talvez sejam os setores menos disputados, já que não chegaram nomes novos. No gol, seguem como opções Weverton, Prass e Jailson. O embate maior está no meio-campo. A princípio, a base do ano passado deve ser mantida. Com isso, Felipe Melo e Bruno Henrique -este capitão e titular incontestável- saem na frente para formar a dupla de volantes. O alviverde ainda tem Thiago Santos, Jean e Matheus Fernandes. Até Moisés pode atuar como segundo volante. Na armação, Lucas Lima disputará posição com Gustavo Scarpa, Moisés e Zé Rafael. Raphael Veiga, Guerra e Hyoran correm por fora. Dudu é titular absoluto, mas resta uma vaga para um atacante de lado. Com Willian machucado, as opções são Carlos Eduardo, Felipe Pires, Scarpa e até mesmo Zé Rafael. Foi assim que ele se destacou no Bahia. Para a vaga de centroavante, Felipão tem Deyverson, Borja e Arthur Cabral. ZÉ-ROBERTO O meio campista Zé Roberto pendurou a chuteira em grande estilo e até brilhou em campo na partida festiva entre Amigos de Zé Roberto e Palmeiras de todos os tempos que terminou em 6 a 6. A torcida encheu o Allianz Parque, domingo, e os ídolos estiveram presentes em peso para homenagear o craque que fez a despedida de uma carreira para se orgulhar. A homenagem justa emocionou Zé Roberto. "Essa festa vai ficar marcada na minha história, na história do clube e dos torcedores. Estou sendo homenageado e vou contar para os netos e filhos que estão aqui presenciando. É meu jogo de despedida e estou jogando com Edmundo, Ademir, Cesar Sampaio, Alex, todos esses ídolos do clube. Para mim é uma emoção e privilégio muito grande", disse ele, ao TNT. O Palmeiras reuniu vários atletas que se tornaram imortais na história do clube e fez até o palmeirense mais frio se emocionar. Um time formado por craques como César Sampaio, Paulo Nunes, Alex e Edmundo representaram o Palmeiras de todos os tempos. Do outro lado, amigos não menos talentosos que fizeram parte da história do jogador como Seedorf, Túlio Maravilha, D'Alessandro e Clemer. Tanta qualidade foi vista em campo pelos atletas que mostraram que não estavam para brincadeira. A partida foi levada a sério e a primeira chance real ocorreu apenas aos 18 minutos do primeiro tempo quando Rivaldo ficou cara a cara com o goleiro e perdeu o gol. Amaral, que estava no banco de reservas, até brincou e quis ensinar Rivaldo a finalizar.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL