NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
ESPORTES
Quinta-feira, 23 de Junho de 2016, 18h:58

MERCADO DA BOLA

Gabigol receberá fortuna caso aceite jogar na China

O Hebei Fortune, da China, não mede esforços para contratar o atacante Gabriel Barbosa, do Santos. O clube chinês subiu a oferta novamente. Agora, os chineses oferecem, além de salários, US$ 5 milhões (quase R$ 17 milhões) de luvas anuais por um contrato de cinco anos. Desta forma, somente de luvas, o camisa 10 do Santos poderia ganhar R$ 84,5 milhões, caso aceite a proposta e permaneça até o fim de seu contrato. No entanto, se ficar por cinco anos na China, Gabigol ganharia uma bolada. Somando o valor das luvas, mais o salário mensal de US$ 1,8 milhão por mês (R$ 6,1 milhões) em cinco anos de contrato, e mais os 40% que detém de seus direitos econômicos, Gabriel ganharia mais de meio bilhão no total, mais especificamente R$ 534,9 milhões. Só de salário, o santista ganharia US$ 108 milhões (R$ 366 milhões) neste período. Além disso, Gabriel ainda receberia no ato R$ 84,4 milhões. Isso porque o Hebei Fortune está disposto a pagar o valor acima da multa rescisória, estipulada em 50 milhões de euros. Eles ofereceram 5 milhões de euros a mais. Sendo assim, o valor total da transação giraria em torno de 55 milhões de euros (R$ 214 milhões). O Santos ficaria com os outros 40% dos direitos econômicos e a Doyen Sports com os 20% restantes da transação. Até o momento, Gabriel rejeitou tudo isso. O jogador só pretende deixar o Santos para jogar na Europa. O atleta sonha em atuar no PSG, da França, que fez uma proposta de 30 milhões de euros (R$ 117 milhões) aos seus representantes. Wagner Ribeiro e companhia dizem que repassaram a oferta ao clube paulista, que rejeitou e pediu 40 milhões de euros (R$ 157 milhões). A diretoria santista alega que não recebeu nenhuma proposta oficial pelo atacante. "Não posso falar muito, pois existe sigilo, um termo de confidencialidade, mas a proposta eu entreguei nas mãos do presidente (Modesto Roma). O presidente do Santos pediu mais e, por isso, esfriou. Já até venceu. Eles querem outro centroavante", afirmou Wagner Ribeiro.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL