NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
ESPORTES
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016, 19h:45

MIXTO

Jogadores ameaçam não entrar em campo

Elenco treinou ontem no período da manhnã, depois de dois dias de paralisação, mas só jogam está noite com salário depositado na conta

JONAS JOZINO
Da Editoria
Depois de dois dias de paralisação devido a atraso de salários, os jogadores do Mixto finalmente foram a campo para treinar. Eles fizeram um coletivo na manhã de ontem, mas nenhum jogador confirma se vai entrar em campo na noite de hoje, 20h10, no estádio Passos da Ema, em Lucas do Rio Verde para enfrentar o líder do grupo Norte, o Luverdense. A viagem deveria ter acontecido no início da tarde, mas até o fechamento desta edição o grupo não havia embarcado. Os jogadores dizem que só jogam depois de ver o pagamento do salário em suas contas bancárias. Ontem, em meio ao treino, realizado em silêncio e com semblante fechado por parte dos jogadores, o técnico Gilson Paulino procurava amenizar a situação financeira e garantia que o time estará em Lucas do Rio Verde para a partida. “Os jogadores tem toda razão, não discutimos isso. Ninguém trabalha sem receber. Mas nos reunimos com eles, pedimos para dar mais este crédito à diretoria e à Associação. Eles aceitaram e por isso treinaram, mas se não receberem não viajam”, disse acreditando que a situação será resolvida até horas antes do jogo. Diante do problema, Gilson Paulino não quis nem divulgar qual será a escalação para a partida diante do Luverdense. Ele reclama que oito jogadores estão no departamento médico e que só vai escalar o time após conservar com os jogadores. “Não sabemos nem se os jogadores vão viajar. Tenho de conversar com cada um para ver quem está realmente em condições de jogo”, despistou. Se no Mixto o clima é de incerteza para o jogo, no líder Luverdense, a situação é bem diferente, com intensa concentração para a partida desta noite que marca a reinauguração do estádio Passos da Ema. O técnico Júnior Rocha assegurou que não tem problemas de contusão e vai mandar a campo sua melhor formação. “Felizmente todos os jogadores estão em perfeitas condições. Vamos a campo para tentar buscar os três pontos e nos mantermos na primeira posição”, diz. A equipe treinou ontem no estádio para se adaptar as novas condições do gramado e espera que a torcida lote as arquibancadas para ajudar o time na busca da vitória. A diretoria diz que com a redução nos preços dos ingressos é praticamente certa a presença de um excelente publico. O presidente do clube lembrou que será o primeiro jogo do ano em casa. “Isso fará a diferença”, acredita projetando uma grande partida.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL