NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 13 de Julho de 2020
ESPORTES
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019, 17h:41

PALMEIRAS

Palmeiras empresta atacante Erik para o Botafogo

O Palmeiras topou emprestar Erik ao Botafogo. Depois de recusar algumas investidas, o time paulista resolveu ceder o atacante por mais um ano para a equipe do Rio de Janeiro. O jogador ficou por alguns dias na Academia de Futebol, a pedido de Felipão, mas não seria usado pelo Alviverde. A ordem do técnico é que a equipe tenha no máximo 30 atletas. Fora dos planos e sem propostas do exterior, Erik preferiu voltar ao Botafogo. O atacante foi comprado pelo Palmeiras em dezembro de 2015 e custou R$ 13 milhões. Desde lá, o jogador não conseguiu repetir o sucesso que teve no Goiás. Até vestir a camisa do Botafogo, em 2018, e brilhar no Rio de Janeiro. Com a saída de Erik, o elenco palmeirense fica com 34 nomes, além de Willian, que está machucado e só poderá atuar no segundo semestre. Ao menos mais quatro nomes serão dispensados. O Alviverde acertou, nesta semana, com Ricardo Goulart. Pouco antes, havia anunciado o empréstimo de mais um dos que ficariam sem espaço no elenco: Allione foi para o Rosário Central. No Botafogo, Erik chega para ser titular absoluto, como ocorreu na última temporada. Apesar dos reforços do Alvinegro, o ataque não mudou em relação a 2018. Pela lógica natural, o atacante atuaria ao lado de Kieza. EXTREIA Principal contratação do Palmeiras para a temporada, o meia-atacante Ricardo Goulart só deve fazer sua estreia com o uniforme alviverde na fase mata-mata do Campeonato Paulista, no final de março. O camisa 11 ainda se recupera de uma cirurgia no joelho direito. O primeiro desafio do Palmeiras está marcado para domingo, às 19h, contra o Red Bull, em Campinas. O técnico Luiz Felipe Scolari faz questão de esconder o provável time titular, mas deu indícios de alguns possíveis inscritos para o Estadual durante o último treinamento da equipe alviverde. No total, 23 jogadores estiveram no gramado, sendo 21 de linha. Com exceção do zagueiro Juninho e do meio-campista Moisés, quem participou do jogo-treino da manhã foi poupado, assim como o goleiro Jailson, mas que deve estar entre os inscritos do Palmeiras. Além de Goulart, a diretoria contratou outros cinco reforços, mas alguns podem ficar fora da primeira escolha de Felipão para começar a disputa do Estadual. O elenco palmeirense é farto, com 35 atletas no total. Marcos Rocha, Mayke, Luan, Gustavo Gómez, Juninho, Antônio Carlos, Diogo Barbosa, Victor Luís, Felipe Melo, Thiago Santos, Bruno Henrique, Moisés, Lucas Lima, Raphael Veiga, Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Felipe Pires, Carlos Eduardo, Deyverson, Borja e Dudu foram os jogadores que estiveram em campo e podem sair na frente dos demais. Prass e Weverton fazem parte da lista. Pelo regulamento, cada clube pode inscrever 26 atletas para a primeira fase. Até hoje, no entanto, é preciso definir aqueles que forem atuar na estreia do torneio. Porém, a lista pode continuar sendo preenchida até a data limite de 1º de março. ESPAÇO O atacante Carlos Eduardo falou sobre a nova etapa da carreira. Ele quer seguir os passos do ex-companheiro de Pyramids Keno, que teve boa passagem pelo alviverde e orientou o amigo para chegar mais preparado ao time. "É um jogador que não podemos esquecer o que fez aqui, ele quebra linhas, tem velocidade... Espero fazer as coisas que ele fez aqui, com velocidade, escape. Vai depender da minha qualidade e do meu esforço", disse o atacante palmeirense. Aos 22 anos, Carlos Eduardo se mostrou ansioso para trabalhar com Felipão. "A gente vê que ele [Felipão] é um pouco fechado, um cara sério, que gosta que trabalhe mesmo. É um cara que tem um currículo excepcional. Vou conquistar o coração dele e quero muito fazer parte da família". RICARDO GOULART Após o sonho se tornar realidade, o torcedor agora se pergunta de que forma o principal reforço palmeirense vai se encaixar no time comandado por Felipão. Apesar de não ser um camisa 9 de ofício, posição que o treinador não abre mão de ter em campo, Ricardo Goulart pode exercer a função de centroavante, principalmente porque Borja e Deyverson não têm status de titulares absolutos no Palmeiras. Também porque Arthur Cabral chegou recentemente.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você acha da decisão da CPI do Paletó de pedir o afastamento do prefeito?
Ele tem que ser afastado
Ele tem que ser cassado
Ele é inocente
Tanto faz
PARCIAL