NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 08 de Julho de 2020
ESPORTES
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2019, 17h:40

ALVIVERDE

Palmeiras mantém otimismo e faz planos para segurar Bruno Henrique

O Palmeiras não dá a saída de Bruno Henrique como uma certeza. A diretoria alviverde sabe que o atleta desperta o interesse do futebol chinês desde dezembro, mas mantém conversas diárias com os empresários do atleta e ouviu que tudo não passa de uma sondagem. Desde o ano passado, a diretoria estuda uma nova proposta de renovação ao meio-campista, mas as conversas ainda não avançaram. Quando voltou ao Brasil, em junho de 2017, o atleta ainda pensava em fazer uma carreira fora do país. Por isso, colocou como condição que a multa rescisória fosse no valor de 6 milhões de euros, o dobro do que o clube pagou ao Palermo, da Itália, pela sua contratação. O estafe de Bruno Henrique trata a proposta do Tianjin Teda como irrecusável. O clube chinês diz estar disposto a pagar a multa e oferece salário de mais de R$ 1,7 milhão. Na visão deles, é impossível que o Palmeiras tope chegar perto deste valor. O teto salarial palmeirense não permitiria um salário com este patamar, mas um novo contrato e um projeto de carreira com um patamar inferior ao oferecido a Dudu é uma das opções. Hoje, Bruno Henrique recebe R$ 260 mil registrados em carteira. Seu rendimento aumenta ao considerar produtividade, direito de imagem e luvas da contratação. Na entrevista coletiva após a vitória contra o São Caetano, no último domingo (27), Felipão deixou claro que conta com o meio-campista, ironizou a proposta e disse que um time que quer ser campeão tem condição de gastar mais. O atleta, por sua vez, não desmentiu a proposta e disse que tudo está nas mãos de seu empresário.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL