NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Domingo, 12 de Julho de 2020
ESPORTES
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2019, 17h:42

SELEÇÃO BRASILEIRA

Preocupado, Tite admite não contar com Neymar em amistoso do Brasil

Em Paris, o técnico da seleção disse que "ele não vai pagar o preço da saúde"

LUCAS NEVES
Da Folhapress - Paris
O técnico da seleção brasileira, Tite, reconheceu, nesta segunda-feira (28), que o atacante Neymar pode não estar recuperado a tempo de disputar próximo amistoso da equipe, em 26 de março, contra a República Tcheca, em Praga. Neymar se contundiu na última quarta (23), na vitória do Paris Saint-Germain sobre o Strasbourg por 2 a 0. A imprensa francesa noticiou que a lesão teria sido no quinto metatarso do pé direito, mesmo local em que o jogador se machucou em fevereiro de 2018, mas nem o clube, nem Tite ou a CBF confirmam. "Ele não vai pagar o preço da saúde", disse Tite em Paris, onde veio assistir a um jogo do PSG pelo Campeonato Francês na noite de domingo (27), mesmo dia em que teve um encontro "pessoal, solidário, humano" com o atleta. "Perco meu emprego, mas não vou carregar a responsabilidade de convocá-lo." O treinador afirmou estar "triste, muito triste" com a situação incerta de Neymar, mas insistiu que não quer "falar em termos hipotéticos". Em fevereiro de 2018, a lesão do atacante o deixou fora do PSG pelo resto da temporada 2017/2018. Ele foi operado em Belo Horizonte em março e só voltou aos gramados no começo de junho, em um amistoso da seleção contra a Croácia. O médico da seleção, Rodrigo Lasmar, está em Paris para avaliar Neymar e conversar com o departamento médico do PSG. O jogador será visto também por outros médicos. Se a lesão for confirmada, mas não for necessária uma nova operação, a recuperação do jogador deve levar no mínimo quatro semanas, segundo jornais franceses. O prazo tiraria Neymar de um jogo muito importante para o PSG, contra o Manchester United, em 12 de fevereiro, pelas oitavas de final da Champions League. O atacante Neymar está fora do primeiro jogo contra o Manchester United, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Após a vitória por 4 a 1 diante do Rennes neste domingo (27), o técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, confirmou que o brasileiro não estará à disposição para a partida contra os ingleses no dia 12 de fevereiro. "Neymar está fora (contra Manchester). É duro, claro. Mas como disse ontem é muito cedo para avaliar gravidade. Essa semana será importante e enquanto isso temos que buscar nossas soluções", disse o treinador ao Canal Plus. Neymar está afastado dos gramados por causa de dores no pé direito. O atacante sentiu o problema no dia 23 de janeiro, durante vitória sobre o Strasbourg, e ainda não tem prazo para retornar às atividades. O jogador será avaliado pelo médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, nesta segunda-feira. A situação de Neymar preocupa justamente pela possibilidade de ser uma lesão recorrente. No ano passado, o craque já havia sofrido uma lesão no quinto metatarso do pé direito e só retornou aos gramados às vésperas da Copa do Mundo.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL