NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 09 de Julho de 2020
ESPORTES
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2019, 17h:53

Treinador deve cortar ao menos seis atletas

RAFAELA CARDOSO
Da Folhapress – São Paulo
Elenco farto, contratações e jogadores de peso que permaneceram. Esta é a atual situação do Palmeiras, uma realidade que muitos clubes gostariam de viver. No entanto, para alguns jogadores, o momento é de tentar mostrar para o técnico Luiz Felipe Scolari que podem agregar ao time campeão brasileiro. Atualmente, são 36 atletas no Palmeiras, com abundância em todas as posições. O problema é que o treinador já deixou claro que vai trabalhar, no máximo, com 30 deles - na Paulistão, por exemplo, só 26 serão inscritos. Os que não entrarem na lista do gaúcho devem ser negociados, como é o caso dos jovens Pedrão e Vitinho, que já treinam separado do elenco principal e aguardam propostas de outros clubes. Dos jogadores que retornaram de empréstimo no final do ano passado, Raphael Veiga e Fabiano devem ficar no Palmeiras e podem ser aproveitados no rodízio que Felipão vai novamente implementar na temporada. Já Erik, Juninho e o garoto Yan, cria da base alviverde, estão sendo avaliados pela comissão técnica e correm contra o tempo para mostrar seu valor. Os dois primeiros devem receber propostas, enquanto o garoto de 20 anos pode treinar com os profissionais, mesmo que ainda não seja utilizado. O atacante Papagaio foi emprestado ao Atlético-MG, onde ficará até o final da temporada para ganhar mais oportunidades e experiência. O meia Allione também acertou sua ida para o Rosario Central, da Argentina. "Todo excelente jogador interessa ao Palmeiras, mas estamos com um grupo muito bom de atletas. Isso foi provado no ano passado. Se analisarmos, temos um grupo ideal, sem problema nenhum se chegar ou sair alguém. Temos 35, 36 jogadores, não trabalharei com todos e eles já sabem. No máximo, 28 ou 30 jogadores, a direção já sabe também", disse o técnico Felipão. "Com o tempo, desenrolaremos os trabalhos e situações aparecerão para os atletas, veremos o que acontecerá. A princípio, estou totalmente satisfeito com o grupo que tenho", falou o chefe, que recebeu cinco reforços para a temporada: Zé Rafael, Arthur Cabral, Matheus Fernandes, Carlos Eduardo e Felipe Pires.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL