NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 08 de Julho de 2020
ILUSTRADO
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2019, 17h:59

MÚSICA SERTANEJA

Gênero mais tocado, sertanejo deve seguir em alta em 2019

FABIANA SCHIAVON
Da Folhapress – São Paulo
Queridinho do público nos últimos anos, o gênero sertanejo e suas músicas chiclete não se ausentarão do cenário musical tão cedo. Muito pelo contrário. Segundo artistas e especialistas, o ritmo tem tudo para fazer ainda mais sucesso em 2019. Contar sempre com novidades, investir na mistura de gêneros e na formação de uma identidade própria são algumas das armas dos sertanejos -que lideraram as rádios e as listas online de execuções de músicas em 2018. Entre os destaques está a dupla Jorge & Mateus. Os cantores apontam o cuidado na escolha do repertório como trunfo. "Foi um estudo de bastante tempo até chegarmos às faixas escolhidas. "Propaganda" foi a nossa primeira aposta de divulgação e deu muito certo. Foi a música mais ouvida de 2018, marcou a nossa carreira", afirma Jorge. Os artistas ainda mantêm os ouvidos abertos para eventuais toques e sugestões de seus fãs. "Nossa maior felicidade é estar sempre em contato com nosso público. Sempre rolam bons papos e bom retorno. Sempre que vamos gravar alguma coisa, pensamos no que eles gostariam de ouvir de nós, então, a opinião deles é muito importante", completa Mateus. Além de fazer uma boa seleção, ter novidade sempre é outra estratégia. Tanto que a música "Propaganda" foi apenas uma das 15 faixas inéditas lançadas de uma só vez pela dupla com o DVD "Terra sem CEP", gravado durante um show. Marília Mendonça também seguiu esse caminho. Ela emplacou duas músicas de muito sucesso recentemente: "Transplante" e "Ausência". Essas novas faixas farão parte do próximo DVD da cantora, "Te Vejo em Todos os Cantos", que deve ser lançado ainda no primeiro semestre de 2019, com 27 músicas. A gravação do trabalho foi bem diferente das outras. Marília lançou músicas inéditas em shows surpresas que percorreram as capitais do país ao longo de 2018. Não faltaram novidades. Nas rádios, quem levou a melhor foi Gusttavo Lima. Ele fechou o ano com "Apelido Carinhoso" em primeiro lugar. Lima também aparece na lista das 20 mais executadas com "Zé da Recaída". "'Apelido Carinhoso' foi uma das três faixas inéditas que apresentamos na segunda edição do DVD 'Buteco do Gusttavo Lima', gravado em 2017. No ano passado, ela foi para as rádios e a repercussão foi imediata. Só nas rádios, fechamos o ano com um total de 3.420.940 execuções, somando outras faixas também", conta Lima. "Ainda temos dez das 19 faixas do novo DVD muito bem colocadas e já estou trabalhando com repertório novo", completa ele. BOMBAM - Videoclipes no YouTube ou uma boa repercussão nas rádios era o suficiente para fazer uma música explodir. Nos últimos anos, com a popularização das plataformas digitais de música (que passa a ser tocada online), o gênero sertanejo passou a ocupar também as listas de canções mais executadas na internet. As duas maiores plataformas são o Deezer (que nasceu em 2017 e tem 14 milhões de assinantes) e o Spotify (que nasceu um ano depois e tem 191 milhões de usuários pelo mundo). A dupla Jorge & Mateus disponibiliza sempre conteúdo inédito nesses meios e encerrou o último ano como a mais citada em listas da internet -o que inclui também o YouTube-, com a faixa "Propaganda", do álbum "Terra sem CEP". O conteúdo do show foi apresentado no YouTube, o DVD vendeu nas lojas físicas e as músicas ainda podem ser ouvidas online. A dupla Zé Neto & Cristiano também está entre as mais tocadas nas principais plataformas. E ainda conta com o vídeo musical mais assistido no YouTube: o da música "Largado às Traças". Algumas das canções que estão entre as mais executadas online também foram as mais buscadas nos sites Google e Bing, segundo uma pesquisa divulgada pela empresa SEMrush. Aparecem na lista "Propaganda", de Jorge & Mateus, "Apelido Carinhoso", de Gustavo Lima, e "Estranho", da sertaneja Marília Mendonça. IDENTIDADE - Um levantamento da plataforma de músicas online Deezer aponta que não importa a idade do ouvinte quando o assunto é o sertanejo e o funk. Esses dois gêneros estão quase sempre presentes nas listas de canções mais tocadas da internet. Se a música "Vai Malandra" foi a mais ouvida da plataforma por jovens de até 25 anos, entre os 26 e os 45, a preferida foi "Propaganda", de Jorge & Mateus, que também abraçou a faixa etária dos ouvintes que têm mais de 56 anos. "O sertanejo e o funk dominam as paradas na mesma proporção, porque há muitos artistas dos dois gêneros se unindo", afirma o produtor musical Pablo Bispo. A dupla Matheus & Kauan, por exemplo, atraiu o público com a música "Ao Vivo e a Cores", que tem a participação de Anitta. O funkeiro Jerry Smith e a dupla Humberto & Ronaldo também se deram bem com a parceria "Não Fala Não pra Mim". "Essas novas misturas só deram ainda mais gás ao ritmo. Chegou o momento de o sertanejo encontrar a sua real identidade. Não é mais o artista tentando se encaixar ao mercado, mas ele sendo autêntico. Se o artista for ele mesmo, encontra o seu público", diz Bispo. A música urbana, no entanto, ganhou espaço em meio a esses gêneros, segundo o produtor. Como Iza e Cynthia Luz. "Tudo o que vem do rap, do funk, do reggaeaton e do soul pode ser considerado o tipo de música que vem da voz das ruas, dos bairros, das favelas", afirma Bispo.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL