Diario de Cuiabá

Terça-feira, 05 de Janeiro de 2016, 20h:36

Ladrão se finge de marido de vítima

Em mais um dos frequentes casos de roubos residenciais, a Polícia Militar prendeu um trio formado por dois homens e um adolescente menor de idade que estavam assaltando uma residência localizada no Jardim Guanabara, em Cuiabá, na noite desta segunda-feira (4). A casa é de propriedade de uma gerente administrativa de 30 anos. Segundo o relato dos policiais, o inusitado advém do fato de um dos bandidos ter ido atender a porta, se fingindo de marido da vítima, para tentar despistar os policiais. O assalto aconteceu por volta das 22h, quando o trio pulou o portão de arma em punho e conseguiu invadir a casa. Logo na sequência, dominaram as duas moradoras do lugar sob a força de ameaça, violência e a arma. Foi quando começaram a recolher eletrônicos e a coloca-los no carro estacionado na garagem. A Polícia Militar foi chamada pelos vizinhos, que perceberam o barulho, inclusive dos cachorros latindo, e foram até o local. Assim que chegaram, os soldados do 1ºBPM tocaram a campainha, foi quando a dona da casa foi obrigada a aparecer na companhia de um dos assaltantes. Fingindo-se bom ator, ele se apresentou como marido da vítima e disse que não havia nada de errado na casa. Mas ele não conseguiu manter proximidade o suficiente para coagir a vítima, que se afastou um pouco e, sem o bandido perceber, gesticulou aos PMs que o ladrão era aquele. Senha entendida, os policiais logo levaram a falso marido ao chão e o imobilizaram. Foi a senha para os outros dois comparsas perceberem que o perigo rondava e momento de dar no pé. O fizeram tentando pular o muro dos fundos, mas foram de lá retirados pelos PMs. São eles: Leandro Pereira de Almeida, 19 anos, Rafael Ramos de Andrade, 24, e o adolescente de 16 anos. Todos foram encaminhados até a Central de Flagrantes e entregues à Polícia Civil depois do registro de boletim de ocorrência. POR POUCO -- Um homem de 52 anos escapou por pouco de ser linchado logo depois de ser pego em flagrante por pessoas comuns tirando o telefone celular de dentro da bolsa de uma garota de 25 anos que estava parada à espera do ônibus em um ponto da Avenida da Prainha, em pleno centro da cidade, na tarde de segunda-feira (4). Segundo o relatado à Polícia Militar, o ladrão de meia-idade percebeu a distração da moça e à moda punguista, subtraiu seu celular sem ela perceber. Conforme o boletim de ocorrência, o homem se aproveitou da distração da jovem e conseguiu furtar o aparelho telefônico de dentro de sua bolsa, enquanto ela esperava pelo ônibus. Por sorte, quando a moça já entrava no veículo, acabou sendo avisada por uma testemunha que o homem havia retirado algo de sua bolsa. Revoltados, populares correram atrás do suspeito e conseguiram detê-lo. Ao ser encontrado com o celular, o homem acabou sendo imobilizado e agredido até a chegada da Polícia Militar. Já machucado, com vários cortes no rosto feitos pelas pancadas que sofreu, o azarado levou foi voz de prisão e acabou encaminhado à Central de Flagrantes para ser autuado por furto. (RR)

Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: diariodecuiaba.com.br