Diario de Cuiabá

Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016, 20h:04

Brasil deverá se preparar para vinda de novas doenças

“Com fronteiras abertas não se controla a entrada de novas doenças infectocontagiosas. A população deve estar preparada para enfrentar novas epidemias. Este é o ônus que se paga por votar em pessoas despreparadas para governar um país com 200 milhões de habitantes e um território entre os maiores do nosso planeta. Competência é fundamental para ser político. As escolas e universidades ajudam muito as pessoas a se preparar para a atividade política. Sem formação acadêmica, é quase impossível administrar um país. O exemplo aí está: preocupam-se com a população de Cuba, Venezuela, África e Haiti, mas os brasileiros morrem vítimas de drogas, assaltos e doenças importadas e o governo acha isso natural. O que interessa é a pátria grande do Fidel. Ridículo!” ACIR CARLOS OCHOVE, Cuiabá/MT ochove@terra.com.br “Operação Sodoma é um cadáver jurídico” “Excelente a entrevista. Muito preocupante mesmo a denúncia feita pelo entrevistado sobre o engajamento de membros do Ministério Público com militância da direita: defendendo teses ultraconservadoras. Isso é péssimo para o país e para democracia. E destrói a imagem tão bonita que se tinha dos promotores de justiça.” LUIZ EDUARDO ARRUDA, bancário, Cuiabá/MT learruda4@ig.com.br AL volta com reunião de CPIs “Isso ainda vai dar pano pra manga, principalmente se tiver alguém com a intenção de apagar fogo, com uso de gasolina azul. Enfim, vamos aguardar o desenrolar do ano de 2016, uma vez que está prometendo de tudo. Como diz o Tiririca: pior do que já está, não vai ficar!” JULIO MUZZI, engenheiro civil, Cuiabá/MT julio.muzzi@hotmail.com Eduardo Cunha recebe notificação “Se houve sete pragas no Egito, atualmente no Brasil existem quatro: mosquito Aedes aegypti, Eduardo Cunha, Dilma Rousseff e Renan Calheiros. Este último anda quietinho para ver se não sobra para ele.” LUIZ AUGUSTO VICTORINO ALVES CORRÊA, administrador, Cuiabá/MT luiz.alves.correa@gmail.com Municípios ficam sem estoque de soro antiofídico “Parece inacreditável essa situação, pela falta do soro, uma vez que nosso Estado é um dos grandes fornecedores de cobras venenosas para o Instituto Butantã. Por aqui acho que faltou controle de estoque, sem renovação do mesmo.” JORGE GALCERAN, Cuiabá/MT jgalceran@hotmail.com Insegurança no país “Estou de acordo com essa ideia de exterminar bandido. Porque hoje quem está morrendo e só gente de bem, nas mãos de bandidos, que estão sempre armados. Já o trabalhado, não. O trabalhador não tem arma para se defender.” WALDEMAR CORREA DE MORAES, aposentado, Curitiba/PR waldemarmoraes8@gmail.com Ex-funcionários de Riva assinam acordo de delação “Delação premiada? Redução de pena? Por que? Ora, existem provas mais que suficientes para esses criminosos passarem um bom tempo encarcerados. Digo mais: a prisão desses bandidos servirá apenas para evitar que os mesmos continuem nos roubando, já que esse tipo de ‘pente-fino’ é irrecuperável, ou seja, é contumaz. Como diria ‘joãocuizarruim’, não tem conserto. Sendo assim, considero inoportuno aceitar essa delação, que mais nos parece um prêmio a esses larápios. Afinal, a casa caiu e quando a casa cai não adianta nada gritar ‘mamãe, quero queijo’!” LEANDRO PINTO DE OLIVEIRA FILHO Cuiabá/MT leandropintofilho@hotmail.com Correios ou Ganha Tempo, técnicos orientam a população sobre Aedes aegypti “Muito boa a atitude dos Correios e outros. Porém, falta a prefeitura de Cuiabá fazer a sua parte, limpando as obras de ‘construção de creches’ que estão abandonadas.” FRANCISCO DE OLIVEIRA, funcionário público, Cuiabá/MT franciscopi90@gmail.com Sintep questiona portaria sobre eleição nas escolas “Esta portaria veio em boa hora. Existem muito côncavos expurgos nas escolas na escolha de coordenadores que só pensam nas próximas eleições, sem querer contrariar seus pares. Já mudou reeleição para presidente da República, governadores e prefeitos, então é certíssima a reeleição de coordenadores. Certo também para diretores e assessores pedagógicos, com mandato de dois anos. Tenho certeza de que melhorará a aprendizagem nas escolas.” CARLOS ANTÔNIO CASTRO, Cuiabá/MT carleth.castro95@hotmail.com Pedro Taques convida investidores para conhecerem MT “Alimento? Só se for pra gado. Mato Grosso só produz soja, milho e algodão.” ROGERIO MATOS, Cuiabá/MT rogercba23@hotmail.com Municípios caminham para desrespeitar os limites da LRF “Solução? Fazer uma faxina nos cabides de emprego e exigir produtividade dos ‘concursados’, e com certeza poderiam eliminar 50% da folha de pagamento podendo, inclusive, dar um melhor salário a quem realmente trabalha.” JOSE LUIZ MARAN CUIABANO, representante comercial, Cuiabá/MT rodocuiaba@hotmail.com

Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: diariodecuiaba.com.br