Diario de Cuiabá

Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019, 17h:57

Sampaoli diz que desconhecia crise do Santos e cobra chegada de reforços

O treinador Jorge Sampaoli revelou, nesta sexta-feira (18), que não tinha consciência da conturbada situação financeira do Santos quando aceitou comandar o clube, em dezembro. Apesar disso, cobrou a chega de reforços na equipe, o que, segundo ele, lhe foi prometido. "Não estava sabendo da situação financeira do clube. Sabia que o Santos daria a chance de ser grande e brigar por situações, mesmo com ausências de Gabigol e Rodrygo. Uma equipe que terminou em décimo lugar no ano passado (no Campeonato Brasileiro) precisa de reforços", destacou Sampaoli. "Agora há a necessidade de reforços. Houve essa promessa e espero que isso aconteça. Mas o clube não me disse que não estava bem, não tem esse problema. Se isso acontecesse, a realidade seria outra", insistiu no tema. Com pouco dinheiro em caixa, o Santos só anunciou dois reforços para a temporada até então: o zagueiro colombiano Felipe Aguilar e o meia-atacante venezuelano Yeferson Soteldo. "Ainda temos que trabalhar muito. Potencializar o Santos com novos reforços. Aguardo isso acontecer. Vim aqui e espero uma equipe forte", voltou a se posicionar. Em entrevista recente à Folha de S.Paulo, o presidente do Santos, José Carlos Peres, disse que o ano de 2019 será "extremamente difícil" para o clube, devido a falta de recursos. A equipe chegou a iniciar a temporada devendo dois meses de direito de imagem para o elenco profissional.

Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: diariodecuiaba.com.br