Diario de Cuiabá

Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2019, 17h:31

Carille indica estreia de Boselli contra a Ponte Preta

LUCIANO TRINDADE
Da Folhapress – São Paulo

Fábio Carille promoverá várias mudanças na equipe do Corinthians para o duelo deste sábado com a Ponte Preta, em Itaquera. Como havia anunciado no início da semana, a tendência é escalar um time misto ou até reserva. A novidade deverá ser a estreia do atacante Boselli. Na reapresentação do time alvinegro anteontem, um dia após à derrota para o Guarani, por 2 a 1, apenas o goleiro Cássio foi a campo no CT. Os demais titulares fizeram um trabalho na academia. Em uma parte do treino, Carille promoveu o famoso "fantasminha", quando ele posiciona 11 jogadores sem um adversário. O técnico alvinegro formou a seguinte escalação: Cássio, Michel Macedo, Marllon, Pedro Henrique e Gabriel; Thiaguinho e Araos; Pedrinho, Mateus Vital e Gustavo Silva; Boselli. No entanto, ainda não está confirmado que este será o time que vai enfrentar a Macaca pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O aproveitamento do artilheiro argentino é a principal dúvida do técnico. Na quarta-feira, logo após o jogo contra o Bugre, o comandante afirmou que é preciso ter cautela com Boselli para não se queimar etapas, pois ele teve menos tempo de pré-temporada. "Vamos com calma. Ele [Boselli] ficou muito tempo sem trabalhar com bola. Em 2015, tivemos uma experiência com o Vagner Love, quando aceleramos etapas e ele não estava pronto ainda", relembrou Carille. A definição da formação alvinegra para o jogo de amanhã ocorrerá após o treino de hoje, à tarde, no CT. Diante da Ponte, o Corinthians vai buscar a sua primeira vitória no Estadual, após empatar com o São Caetano e perder para o Guarani. DISPUTA A dupla de zaga do Corinthians tem apenas um nome garantido: Henrique. Só ele conta com a confiança de Fábio Carille no momento. Os demais defensores do elenco terão de brigar por uma oportunidade de formar a parceria com o camisa 3. "O Henrique fez um primeiro semestre muito bom comigo, antes de eu sair. Ele, ali, hoje, está assegurado. A gente está trabalhando para ver quem joga ao lado dele", explicou o comandante. Em três jogos neste ano - um amistoso e duas partidas oficiais -, Carille já deu oportunidades a Marllon, Pedro Henrique e Léo Santos. Por enquanto, nenhum deles demonstrou total segurança. "Todas as vagas estão abertas. Eu lembro que no meu período como técnico eu tirei o Jadson três vezes do time titular para fazer o time jogar mais, porque ele não vinha bem naquele momento. Todas as vagas estão abertas, estou usando esse início para ver mesmo", justificou o treinador corintiano. Além deles, brigará por esta vaga o recém-contratado Manoel, que ainda não estreou. Emprestado pelo Cruzeiro até dezembro, o beque ainda aprimora o condicionamento físico e pode fazer seu primeiro jogo na quarta-feira, contra o Red Bull. Contra a Ponte, se mantiver o time que treinou nesta quinta, Carille escalará Pedro Henrique e Marllon. Henrique será um dos poupados.

Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: diariodecuiaba.com.br